top of page

Caluda, Tamborins.



Na década de 1950 o maravilhoso compositor Humberto Teixeira (Asa Branca, Assum Preto, Paraíba, Dono dos Teus Olhos,...) fundou a Academia Brasileira de Música Popular.

E inscreveu Mário Lago como um dos acadêmicos.

Lago achou estranha a junção de Academia com Popular.

Afinal, na sua opinião, as duas coisas não combinavam.

Popular é relativo ao povo, sem regras nem amarras.

Já o acadêmico é mais formal e cria obras (para ele o acadêmico "obra" muito).

Mas decidiu homenagear a Academia.

Imaginou uma marcha de rancho, serena e séria, quase marcial, com uma poesia inegavelmente acadêmica.

Assim nasceu Caluda, Tamborins, ou De Como o Biltre do Demo Enredou Na Sua Parlanda a Trêfega Natércia (gravada por Chico Anysio e depois por Eduardo Duzek)


CALUDA, TAMBORINS, CALUDA

UM BILTRE MEU AMOR ARREBATOU

NO PAROXISMO DA PAIXÃO IGNOTA

SUPU-LA UM QUERUBIM, NÃO ERA ASSIM

CALUDA, TAMBORINS, CALUDA

SOAI PLANGENTEMENTE, AI DE MIM


VIMO-NOS NUM ROR DE GENTE

E SUB-REPTICIAMENTE

O OLHAR SEU ME DARDEJOU

CÁSPITE, POR SUAS NÉDIAS MADEIXAS

QUE SUAVES ENDECHAS

EM PRÉ-DELÍQUIO O POBRE PEITO MEU TRINOU

FOMO-NOS DE PLAGA EM PLAGA

PEDI-LHE A MÃO CATITA

E ENTRE ÊXTASES MA DEU

E O DEALBAR DE UM AMOR

EM SUA PULCRA MIRADA RESPLANDECEU


OLARILA! (na época de Martins Pena e Gil Vicente olarila equivalia a "Olha o Breque!")


FÉRULA, IGNARA SORTE

SOLERTE A GARRA ADUNCA

EM MINHA VIDA ESTENDEU

TRÊFEGA IA MINHA NATÉRCIA

SURGE O BILTRE DO DEMO

RENDIDA À SUA PARLANDA

ELA SE ESCAFEDEU

VÓRTICE NO IMO TRAGO

SÃO GRITOS AVERNAIS

QUE NO ATRO ÓDIO EXCLAMEI

FALENA SOU, DESALADA…

Ó NUMES OUVI-ME

AQUI DEL-REY!


A ideia da Academia entrou em repouso.

Anos depois, Humberto Teixeira retomou o projeto e Mário LAGO, para comemorar, anunciou o samba Nefanda, Conspurcaste Meu Tálamo.

E assim acabou a Academia.


 

Cedro Rosa Digital se tornou uma alternativa viável para aqueles que buscam novos talentos e músicas de qualidade.



Família Mário Lago, na playlist da Spotify.


A Cedro Rosa Digital tem se destacado no mundo da música independente por oferecer uma plataforma de alta qualidade para artistas e compositores promoverem suas músicas. Através de suas playlists temáticas, como "Música de Pretos do Brasil", "Músicas de Bar e Botequim", "Músicas de Violão Solo", "Pop e Rock Independente do Mundo", a Cedro Rosa Digital se tornou uma referência no mercado.



O melhor da música do Brasil - artistas Cedro Rosa, na playlist do Youtube



Além disso, a plataforma oferece a opção de compra de músicas em formato de download, permitindo que os usuários possam adquirir suas músicas favoritas e apoiar diretamente os artistas independentes. A Cedro Rosa Digital também licencia músicas para trilhas sonoras em diversas mídias, gerando receita para os compositores e músicos.


Instrumental com artistas da Cedro Rosa, escute.



Com a crescente popularidade da música independente, a Cedro Rosa Digital se tornou uma alternativa viável para aqueles que buscam novos talentos e músicas de qualidade. Sua plataforma intuitiva e fácil de usar tornou a descoberta de novas músicas uma experiência agradável e emocionante.

Kommentare


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page