top of page

Reciprocidade


A reciprocidade vista como um comportamento social dentro das relações é algo teoricamente muito simples de praticar. Quer ser recíproco? Trate o outro como você gostaria de ser tratado, dê na mesma proporção que recebe. Porém, para muitos a reciprocidade parece não ser tão simples assim. Eu penso que a troca equilibrada e proporcional é algo bastante saudável e creio que os relacionamentos dificilmente sobrevivem à falta da reciprocidade. O cuidado, a demonstração de consideração e afeto é o que faz o outro se sentir validado e especial. E se não for para se sentir dessa forma dentro de um relacionamento então não vejo razões para ele existir. Tudo mundo quer reciprocidade. Afinal, quem não gosta de ser bem tratado, lembrado, ajudado, querido. Se existe alguém que é indiferente a tudo isso, que não se importa com a maneira de tratar e de ser tratado, creio que essa pessoa seja emocionalmente doente. Se simpatia gera simpatia, gentileza gera gentileza, valor gera valor, como podemos caminhar para um convívio social saudável e feliz sem essa troca? Em um contexto onde alguém dá muito mas recebe pouco e vice-versa haverá sempre alguém se sentindo desvalorizado, inseguro e infeliz. E esses não são sentimentos que alguém em sã consciência gostaria de sentir, correto? De Paula Sabbag para CRIATIVOS!


 

Música


 


Trilhas sonoras que podem ser licenciadas a partir de $ 9 reais, para videos em redes sociais!

Abra agora um perfil na Cedro Rosa Digital.


Plataforma musical reune artistas, compositores e usuários comerciais de música, como TV, publicidade, rádios e internet para pesquisar, escutar e licenciar obras certificadas para trilhas sonoras diversas. Qualquer um pode abrir um perfil apenas com nome e e-mail.


Veja como funciona.


 



+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page