top of page

Economia do Compartilhamento: Perspectivas e Desafios


Silvia Blumberg


As novas modalidades de compartilhamentos de serviços estão transformando as formas de propriedades e de utilização de bens materiais e imateriais.


Grupos econômicos de vários tamanhos e de diferentes categorias são responsáveis pelo desenvolvimentos e aprimoramento de plataformas que ampliam acessos aos seus serviços e trazem inúmeras situações que podem simultaneamente, beneficiar a sociedade com questões ambientais, econômicas e sociais ( inclusão e renda) e ainda trazer graves consequências as relações econômicas, humanas , socias e políticas.


Estamos falando de empresas como Uber e AirBnb e outras que surgiram como inovação e pouco a pouco vem se mostrando como problemas regulatórios em questões trabalhistas, previdenciárias e responsabilidades sociais e fazendárias.


Analisando a situação em nosso país, observamos que estes modelos de negócios estão multiplicando os subempregos e criando muitas crises de concorrências desleais no ponto de vista de seus pares que são obrigados a formalizar empregados e recolher impostos conforme legislação existente.



O Rio de Janeiro ganhou essa Playlist, com Músicas em sua Homenagem. Escute na Spotify.



As injustiças proliferam e no centro da questões estão os consumidores que aprovam a relação com estes serviços, cujas relações de confiança crescem e se consolidam e paulatinamente trarão graves consequências, em especial na área da previdência social, além de prejuízos bilionários aos seus investidores.


Inovar é preciso e necessário e o problema são os investimentos e quem deverá arcar com eles.


O que se observa é que grandes grupos econômicos desejam investir e lucrar mesmo que causem grandes transtornos sociais e fiscais aos estados e ao país.


Nesta revolução da forma de organização de trabalho faltam recursos para garantir rendimentos básicos e sobram algumas perspectivas que são analisadas por estudiosos e pesquisadores.


Empregos estáveis perdem espaços para o trabalho precário e de remuneração instável e total insegurança social.


Não há dúvida que precisamos mediar estes conflitos e repensar como dividir a conta que estas mudanças exigem.


Acredito que o diálogo e a comunicação entre todos os envolvidos tragam alternativas democráticas que minimizem ou solucionem estes conflitos.


São crises que exigem diplomacia e pensamentos voltados para justiça social.



O melhor da MPB, uma excelente playlist no Spotify! Escute.



As Ciências sociais e Políticas são estratégicas para fundamentar esta nova luta no ponto de vista de trabalhadores, grandes grupos econômicos e governos.


A inteligência humana está encontrando caminhos que podem trazer a abundancia que tanto sonhamos para impactar as desigualdades sociais e deve responder a todos os desafios que estão agregados a estas inovações tecnológicas e sociais.


Nesta discussão sobre recursos para cobrir as necessidades sociais há uma diversidade de propostas e não há dúvida que os governos necessitam estar presentes nos acordos intersetoriais.


Há emergência na criação de pequenos grupos que sejam capazes de empreender e trabalhar em sistemas de cooperativas, e nesta missão devemos viabilizar a modernização da Educação e Cultura de modo a democratizar a cultura do empreendedorismo e suas relações com poderes e políticas públicas.


Neste sentido a criatividade e capacidade fazer convergir todos ecossistemas ligados a Economia do Compartilhamento podem fazer a diferença e otimizar as soluções de nossos problemas.



 

O que acontece de interessante no Mundo Digital



Mulheres no Mundo dos Negócios - Podcast da Cedro Rosa.


Instrumental Brasileiro - Escute Aqui.



 


Trilhas sonoras para filmes, videos, games.

Tudo online.




Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro.

Tudo online!


A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.



Abra um perfil na Cedro Rosa e acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.




0 comentário

Comentarios


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page