A SAUDADE MATA A GENTE

A saudade chegou de mansinho

Bem devagarinho, querendo ficar

Deu um nó tão danado no peito

Que não teve jeito do nó desatar

Foi aos poucos virando doença

Uma dor tão intensa que chega a queimar

Por favor não me fale de amor

Não existe doutor pra saudade curar

Saudade...

Palavra que só existe na língua portuguesa, mas sentimento conhecido em qualquer canto do planeta.

Saudade é quase jeito de viver, saudade é dor que nunca para de doer.

Com certeza pouquíssimas vezes na história vivemos um tempo de saudade igual ao de agora.