top of page

Wittgenstein no Samba


José Luiz Alquéres

Criar é atribuir uma qualidade nova. Fazer acontecer do nada. Inovar é melhorar algo existente. O Rio de Janeiro é o locus onde essas duas coisas se juntam em permanente interação. Aqui, o que é bom melhora.

Refletindo sobre os problemas maiores deste ramo do conhecimento, Wittgenstein, ao ser perguntado sobre o que era filosofia, respondeu: é aquilo que faz a mosca aprisionada em uma garrafa de vidro encontrar seu gargalo e dali se libertar. Mais do que a errática confrontação com a impenetrável parede de vidro transparente, o desconhecido, a mosca havia encontrado a solução para o seu problema. Era filósofa.

Wittgenstein também distingue bem o conhecimento que temos das coisas, que se alcança pela introspecção, daquilo que conseguimos externar em palavras. É como se a gramática e a linguagem fossem limitadoras da nossa transmissão de conhecimentos.

Parte desta limitação é libertada pela arte. Tanto a arte erudita como a popular são igualmente potentes, trazendo o que queremos mostrar para o mundo, extraindo da reflexão introspectiva a extroversão que comunica.

Não é tanto uma questão de conhecimento ser criativo. Passa mais por ser original.


 

Escutem essa playlist de musicas em homenagem ao Rio de Janeiro! Spotify.

 

Um grande sucesso do conjunto carioca Os Originais do Samba é a música Tragédia no Fundo do Mar, de 1970. Um trecho narra o seguinte:

Assassinaram! Assassinaram o camarão Assim começou a tragédia No fundo do mar O caranguejo levou preso o tubarão Siri sequestrou a sardinha Tentando fazer confessar O guaiamum que não se apavora Disse: eu que vou investigar

Vou dar um pau nas piranhas lá fora Vocês vão ver, elas vão ter que entregar ...

É realmente um primor de criatividade esta letra se comparada à temática usual do samba. Em sua linguagem figurada, passa em revista os métodos tradicionais policialescos. Havendo um crime, o assassinato do camarão, a analogia coloca os animais com tenazes - os siris, caranguejos e guaiamuns - no papel de investigadores, aqueles que prenderão o criminoso. O tubarão, certamente associado na gíria aos grandes atravessadores do comércio, é logo preso, mas quem leva o inevitável pau (espancamento, sem trocadilho, por favor) para ver se entregam o criminoso, são as piranhas.

Criativo no tema e inovador na trama. Até o nome do conjunto - Os originais do Samba - ajuda.

No momento em que uma nova visão de mundo, de sustentabilidade e de confiança no futuro precisa imperar para o Rio reverter a decadência atual, fico aguardando, sinais de uma guinada em nossa música popular, como ocorreu com a Bossa Nova.

Uma produção artística pós-bolsonariana, sensível, educativa, ética no plano de uma nova relação dos homens entre si e com a natureza.

Martinho da Vila tem músicas nesta temática focada no ser humano. Os sambas enredo abundam de citações à natureza, embora as referências à beleza sejam tantas quanto às das riquezas a serem exploradas.

Creio que o tema não vai "colar" como deveria, ao ponto necessário para provocar mudanças no inconsciente coletivo, até que comecem a aparecer em muitas obras artísticas - não só nas artes plásticas, onde já ocorrem, mas nas artes performáticas e populares.

Uma recente marcha na Europa, cantada com nova letra sobre a velha música Bella Ciao, foi precursora. Que venham outras.

Talvez comece pelo lado da música clássica, onde um certo refinamento premonitório de um novo milenarismo já ocorre. Mas já se ouviam, tempos atrás, algumas vozes, como no samba enredo que traz para o asfalto a natureza de volta, numa biofilia avant la lettre:

Vejam essa maravilha de cenário É um episódio relicário Que o artista, num sonho genial Escolheu para este carnaval E o asfalto como passarela Será a tela Do Brasil em forma de aquarela

Passeando pelas cercanias do Amazonas Conheci vastos seringais

...

A letra segue descrevendo paisagens brasileiras até chegar no Rio de Janeiro, onde fala de seus malandros, mulatas e batucadas... Nossa explosão criativa. É a síntese brasileira, ora em processo de devastação impiedosa:

Brasil, essas nossas verdes matas, Cachoeiras e cascatas de colorido sutil E este lindo céu azul de anil Emoldura em aquarela o meu Brasil

A diversidade da tragédia do mar, a exaltação naturalista da diversidade das raças, a anatomia de todos os tipos de males do amor cantado e decantado em diferentes sambas, hoje repetidos pelo mundo afora, falam da enorme capacidade de sermos criativos, inovadores e nos comunicarmos, no extremo das possibilidades do conhecimento, apesar do restrito arsenal da linguagem portuguesa de nossos compositores.



 

Notas da Redação:

Ludwig Joseph Johann Wittgenstein foi um filósofo austríaco, naturalizado britânico. ( mais na Wikpedia).

- Tragédia no Fundo do Mar ( de Zeré e Ibrain), gravada pelo grupo Os Originais do Samba, que contava com o humorista Mussum, entre os integrantes.

- Aquarela Brasileira (Vejam essa maravilha de cenário...), de Silas de Oliveira, foi um samba-enredo da GRES Império Serrano, no ano de 1964 - não uma homenagem ao golpe de Estado, mas à Aquarela do Brasil, de Ary Barroso).

 

E tem mais.



Roda de Samba


Artigo de Maria Paula Carvalho para a Revista CRIATIVOS!

Economia Criativa, uma maneira de salvar o Rio de Janeiro do caos.



Mart'nalia convida para o projeto 40 Anos do Clube do Samba - 4.0.



 

E tem muito mais!



25 Horas de Música Boa. Baixe e escute quando e quanto quiser.

 

Músicos, compositores, bandas, mídia, produtores de cinema, streaming, TV, publicidade e games em um único ambiente digital, para negócios de licenciamento.



Abra um perfil agora


Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.

Tudo online!



A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page