Nada é tão ruim que não possa piorar



Eu cresci mirando “Os Jetsons”, e cheguei a meia idade olhando para “Os Flintstones”.


Foi assim que acordei hoje após ver um post da eterna Rita Lee no Instagram e de ouvir no rádio que a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou o edital de licitação que garante a chegada da tecnologia 5G ao Brasil em 2022.


Um pouco tarde em minha humilde opinião, afinal quando estivermos celebrando a nova tecnologia em território nacional provavelmente o mundo estará pensando na próxima geração, ou já estará utilizando-a, e com isso fica a pergunta: “será que não estamos perdendo a oportunidade de sermos provedores de tecnologia ao invés de apenas consumidores?”