top of page

Mestrado Profissional em Economia e Política da Cultura e Indústrias Criativas 2022-2023, gratuito.

Em momento de grave destruição, com método, das indústrias criativas e culturais, o Itaú Cultural (IC) , ligado à família Moreira Salles, um grandes - e poucos - apoiadores da

cultura e ciência e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) divulgam o edital referente à segunda turma do Mestrado Profissional em Economia e Política da Cultura e Indústrias Criativas 2022-2023.


São 30 vagas, com reserva 50% delas para ações afirmativas.


Mas o que é economia criativa?


Leiam artigo de Maria Paula Carvalho, especial para a revista CRIATIVOS!


Mais Cultura e Indústrias Criativas aqui.



Indústria Criativa no Rio de Janeiro.


Antenor Oliveira (FIRJAN), Eliomar Coelho (Deputado Estadual / Comissão de Cultura da ALERJ), Nelson Freitas (compositor), Didu Nogueira (cantor) e Tuninho Galante (Cedro Rosa).



 

Música


 

Siga as Redes Sociais da Cedro Rosa.

 

Cedro Rosa cria Plataforma mundial de Música, em 10 idiomas, para gerir direitos autorais e licenciar musicas.




Músicos, compositores, bandas, mídia, produtores de cinema, streaming, TV, publicidade e games em um único ambiente digital, para negócios de licenciamento.



Abra um perfil agora


Plataforma digital permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.



A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



 

Tuninho Galante e Marceu Vieira




Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page