top of page

Chico Buarque no Olho Mágico


Tuninho Galante, para CRIATIVOS!



Um olhar mágico e atemporal sobre o entorno




O novo livro de Laís Amaral Jr., Chico Buarque no Olho Mágico que

está saindo pela Chiado Books, é uma coletânea de contos que de alguma

forma traduz com fantasia e uma costura de jeito simples, a sua maneira

eclética de ver o mundo a sua volta. Não fosse o autor um misto de jornalista,

poeta bissexto e compositor de músicas carnavalescas. Inclusive na Cedro

Rosa tem música dele em parceira com o Evandro Lima.


A peça contem treze histórias que se passam em variados cenários e

em diversos planos de tempo que demonstram um evidente descompromisso,

consciente ou não (vá saber?!), com o chamado estilo próprio, uma marca que

definisse o autor. Foi cada enredo distinto que ditou a forma como foram

paridas as narrativas. O que pode desagradar um olhar mais formal ao analisar

o escritor de ficção, mas que traz no sobressalto do não previsível, algo de

prazeroso para o leitor.


O conto Chico Buarque no Olho Mágico que dá nome à peça é um mix

de delírio narrativo e vestígios de criaturas e vivências do mestre, que não à

toa, acaba se tornando a pedra inspiradora da história. Ou mais. No posfácio

(Esse Cara) lá no final do livro, está a explicação, que aponta de forma direta e

clara, para uma descarada homenagem ao valioso e, ao que parece para o

autor, imprescindível farol que foi e é o compositor de ‘A Banda’.


Nos demais contos, uma viagem a um mundo de perplexidades e

conjecturas, sobre a vida ao nosso redor. Ora, sutilmente apresentadas com

roupagens subliminares, ora extravagantemente expostas. Por vezes o cenário

está lá por dentro do leitor, parceiro e cúmplice na empreitada de contação da

história. Em outros momentos, o leitor apenas assiste o desenrolar como se

estivesse diante de uma tela. Mais ou menos distante.


O livro é o primeiro voo solo do autor que já participou de inúmeras

coletâneas de contos, e será lançado em fevereiro, mas já está disponível para

pré-venda nas seguintes livrarias: Livraria Martins Fontes ; Livraria da Travessa ;

Amazon (e-book) ; Kobo (e-book) ; Fnac Portugal (e-book) ; Google Books (e-

book) .

 

Ficha técnica:


CHICO BUARQUE NO OLHO MAGICO: CONTOS - 1ªED.(2021)

TAMANHO: 14 X 21 cm

96 páginas

AUTOR: Laís Amaral Junior 

EDITORA: Chiado

SEGMENTO: Literatura Brasileira


O homem intimidado e ao mesmo tempo aconchegado pela cor vermelha vive

dramas diferentes daquele que foi surpreendido tendo que dividir sua casa com um

ser monstruoso. Um inseto colossal. Talvez sejam medos parecidos em intensidade

com os enfrentados pela jovem presa ao sonho, bonequinhas em camadas de

cebola, uma dentro da outra. Sensações intensas, embora diferentes daquelas

vividas pelo casal de militantes preso aos versos da canção ou do poeta imaginado

em Portugal que planeja encontrar a musa da lenda...

LANÇAMENTO: 13/02/2021 

PREVISÃO DE POSTAGEM: 30/03/2021 


Caso a editora altere a data de publicação prevista, A entrega do produto será

automaticamente adiada.

R$ 33,00


 

Playlists no Youtube e Spotify

Repertório Cedro Rosa, disponivel para trilhas sonoras.



Dança da Porta-Bandeira, de Evandro Lima e Laís Amaral



Roda de Samba das Mulheres / Spotify


Os Grandes Mestres do Samba / Spotify



 

Setores de música e audiovisual geram milhões de empregos e bilhões de dólares no mundo e são segmento estratégico de desenvolvimento da Indústria criativa.


"O setor de conteúdo, é o petróleo da era digital", afirma Tuninho Galante, CEO da Cedro Rosa.


"O que move o conteúdo são a música e o audiovisual. Gigantes que migraram da área de tecnologia para o segmento de conteúdos, como Amazon, Apple e Google estão aí para comprovar", conclui Galante, acrescentando que a Globo acaba de anunciar o investimento de 250 milhões de dólares na GloboPlay.



Cedro Rosa cria plataforma digital brasileira 10 idiomas lança serviço de administração de direito autoral, distribuição e licenciamentos de músicas.


A Cedro Rosa riou uma plataforma digital em 10 idiomas que administra direitos musicais de mais de 3 000 mil obras e 200 autores.


"Hoje em dia muita gente se autoproduz, mas as obras musicais e as gravações precisam ter os certificados internacionais, chamados ISWC e ISRC, caso contrário não recebem royalties", afirma Tuninho Galante.


E pior, "as produtoras de video, cinema, publicidade e games não licenciam obras sem certificados", conclui Galante.


A demanda é imensa, produtores pequenos, medios e grandes de todo mundo sempre estão procurando músicas, mas elas precisam estar "copyrighted", ou seja, envelopada para serem licenciadas para as produções, sejam de um video no youtube, um comercial ou uma produção mais cuidada.


O acesso á plataforma da Cedro Rosa é gratuito, qualquer um pode abrir um perfil, apenas com nome e email.




A indústria da mídia e entretenimento como TVs, rádios, produtoras de cinema, games, publicidade, streaming e conteúdo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente no site da Cedro Rosa.





É muito fácil usar a plataforma. Totalmente gratis, basta apenas e-mail e nome para abrir um perfil. Músicos, cantores, bandas, jornalistas, empresas de midia, produtores de cinema, publicidade, Teatro, TV, etc podem




Música para sincronização em conteúdos: Cedro Rosa.




Escute excelentes playlists da Spotify e Youtube

Repertório Cedro Rosa, disponível para trilhas sonoras e licenciamentos.



Manhattan Lounge Bossa Nova in 3 hours - Spotify

Viagem Instrumental - Spotify




Manhattan Lounge Bossa Nova - Youtube

Sambas para Cantar e Dançar - Youtube


 

Criativos! é uma revista digital de Arte, Cultura e Economia Criativa e conta com a colaboração de centenas de artistas, criadores, jornalistas e pensadores da realidade brasileira.

Editado pela Cedro Rosa.



Kommentare


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page