top of page

FOLHAS SECAS


Luana Oliveira


Parei para ler algumas reportagens e me deparei com a notícia e com algumas fotos do incêndio que avassala as ilhas da Grécia.

Os maiores jornais destacam como cenário de filme apocalíptico, e realmente as cenas são chocantes.


A triste notícia me fez lembrar momentos de desespero que vivenciei alguns anos atrás, quem me acompanha sabe que resido em Itaquaquecetuba-São Paulo, aqui se confunde com área rural apesar de estar classificada como urbana, não é uma ilha nem uma mata fechada, mas a região possui uma área verde significativa e a minha casa está localizada neste mapeamento que gradualmente vemos sumindo, e dando lugares aos prédios, firmas e residências.


O fato a que me refiro lembrar, ocorreu em 2014, antes do concreto chegar.

No verão folhas caídas e secas, propício para propagação de fogo, o susto grande foi quando saí para faculdade e quando voltei a cena que via parecia de terror, uma parte incendiada e muita fumaça, mal dava para ver o céu, algum filho de Deus passou pela mata e julgou que ali deveria riscar um fósforo sem ao menos usar os neurônios e pensar no estrago que aquela decisão poderia causar, peguei o meu pequeno nos braços, algumas mudas de roupas e corri para a casa da minha mãe sem saber se quando voltasse a minha casa ainda estaria ali, (é desesperador presenciar cenas assim).

Voltei horas depois e a casa estava lá, mas as árvores que restavam estavam ainda mais secas, apenas troncos queimados.


Escute AWA, de Tuninho Galante, obra dedicada aos AWAS, a tribo de índios invisíveis.


Na hora que li as reportagens eu não pude deixar de comparar este momento vivido.

Sabe o fator humano que os estudos globais relatam? É esse o principal influenciador de toda a destruição do planeta, e são atos como o que aconteceu comigo e muitos outros que ainda influenciam todos os estragos e as mudanças climáticas que vemos nos últimos 50 anos alarmando as pesquisas, mostrando para a humanidade que algumas situações são irreversíveis.


Ações do homem, fazem com que o aumento de gases de efeito estufa na atmosfera aumente a temperatura média do planeta, o que chamamos de aquecimento global. Os especialistas não afirmam nem negam que o clima trouxe caos e emergência ao hemisfério norte, já que há um histórico de que nos meses de julho e agosto há um aumento significativo de temperatura, porém a situação deste ano é atípica se comparada com outros, mas é muito triste percebermos que o tempo e os avanços impactam tanto o meio ambiente.


Passamos a sofrer com isso, mas me parece que ainda falta consciência de quem as tem, existem ações mundo afora para conscientizar humanidade que o planeta pede socorro, confesso que ao ver as imagens da Grécia meu peito apertou pensando em como o planeta estará quando meus filhos estiverem com a minha idade.

A minha reflexão neste pequeno texto tem o intuito de chamar atenção para novas ações que podem contribuir, não para reverter, mas para amenizar o estrago que nossa existência causa aqui na terra e que poderá perpetuar por séculos.


Te convido caro amigo leitor, a me ajudar a compartilhar pequenas ações.



Que tal começar espalhando seus conhecimentos sobre como preservar o meio ambiente? Quando ensinamos e compartilhamos com outras pessoas, estamos contribuindo para um planeta mais saudável e com pessoas mais conscientes.


Pense em economia criativa como forma de renda, seja empreendedor, incentive os pequenos negócios, incentive a cultura, a música, a arte, a gastronomia, entre outros.

Compre e consuma apenas o que é necessário, o consumo exagerado contribui com a destruição da natureza.


Somos parte da terra, preservar é tarefa nossa.


Luana Oliveira para CRIATIVOS!


 

E tem mais!


Escute o disco CAMINHOS BRASILEIROS, com temas dedicados à natureza do Brasil.



Mix Musical


 

Músicos, compositores, bandas, mídia, produtores de cinema, streaming, TV, publicidade e games em um único ambiente digital, para negócios de licenciamento.



Abra um perfil agora


Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.

Tudo online!


A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



Bình luận


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page