top of page

CHICO EM SONHO



Leo Viana

Chico Buarque, que comemorava aniversário, encontra a irmã Ana de Hollanda, na passeata contra Bolsonaro, na Cinelândia, no sábado, dia 19 de Junho ( fonte: twitter de Ana de Hollanda)



Acorda Amor! Eu tive um pesadelo agora! Sonhei que preciso não dormir até se consumar o tempo da gente e de tudo que é nego torto! Um sonho medonho desses que as vezes a gente sonha.


Deus é um cara gozador e eu quero ficar no teu corpo feito tatuagem, porque eu tinha cá pra mim que agora sim eu vivia enfim um grande amor. Me dê notícias de você! Se já perdemos a noção da hora e já lhe dei meu corpo, minha alegria, dei pra maldizer o nosso lar, vê se tem no almanaque, essa menina, como é que isso tudo começou.


Um homem pode ir ao fundo do fundo do fundo se for por você, mesmo que os cantores sejam falsos como eu, mesmo com nada feito, com a sala escura, com um nó no peito, com a cara dura. Se você crê em Deus, erga as mãos para os céus e agradeça.


Você não ouviu o samba que eu lhe trouxe... Estava à toa na vida, penseiro, esperando o trem e uma cigana revelou que a minha sorte, pra estufar esse filó como eu sonhei, só se a guerra for declarada em pleno domingo de carnaval.


Essa moça tá diferente, dizendo realmente o que é que eu acho. Diz que eu estive por pouco... De que me vale ser filho da santa? Já conheço os passos dessa estrada! De close em close fui perdendo a pose. Me ajuda a não andar com os pés no chão?

Quem é essa mulher que canta sempre esse estribilho? Eu te vejo sumir por aí, morena dos olhos d’água, morena de Angola que traz o chocalho amarrado na canela. Apesar de você, se a dona se banhou eu não estava lá e na minha mão o coração balança quando ela se lança no salão.


Vens ao meu quarto de hotel sem te anunciares sequer, mas quando te der saudade de mim, logo eu, cumpridor dos meus horários, se lembra da fogueira, se lembra dos balões. Vou voltar, sei que ainda vou voltar para o meu lugar. O velho sem conselhos, de joelhos, de partida.


O palhaço é um charlatão! Imagina hoje à noite a gente se perder? Se eu não mato a saudade, é, deixa estar... Amo tanto e de tanto amar te perdoo por te trair. Alucinados meninos ficando azuis, a dançarina, o encantado. Meu para choque com seu para choque... Ando com minha cabeça já pelas tabelas!!!


Se você quer mesmo saber porque é que ela ficou comigo eu digo que não sei! Os diamantes rolam no chão, o ouro é poeira. Haja o que houver eu vou voltar. Eis o malandro na praça outra vez, sambando na lama de sapato branco, glorioso. Mora lá longe e chacoalha num trem da Central.


Veio o Mané da Consolação, veio o Barão de lá do Ceará! Atravessou a rua com seu passo tímido, vivia a te buscar porque pensando em ti corria contra o tempo. Pensou que eu não vinha mais, pensou? Se eu ganhar algum vendendo mate, dou-te uns badulaques de repente. Contigo aprendi a perder e achar graça!


Um mar turquesa à la Istambul enchendo os olhos, tem mais samba no pranto de quem vê com venda nos olhos, legenda e as iniciais, que você era a mais bonita das cabrochas dessa ala e que já gozei de boa vida, tinha até meu bangalô.


Sim, foi que nem um temporal. De todas as maneiras que há de amar já nos amamos. Não chore ainda não. Quem me dera ser cantor, quem dera ser tenor... Vida, minha vida, olha o que é que eu fiz... Confessando bem, todo mundo faz pecado.


Ai se mamãe me pega agora... Porque cresceste, curuminha? Joga o paio, carne seca, toucinho no caldeirão e adivinha se gosta de mim! Vamos fazer um pecado rasgado, suado, a todo vapor! Até o mar faz maré cheia, o homem da rua fica só por teimosia, bem no meio da alegria a noite virou dia, o rei chegou e já mandou tocar os sinos da cidade inteira. Ele sabe dos caminhos dessa minha terra.


Precisa ser muito sincero e claro quando o meu bem querer me vir. Ai, a primeira festa, a primeira fresta, o primeiro amor...

Meu caro amigo me perdoe por favor, se você quer saber, já curei, porém a voz ficou cansada após cem anos fazendo a santa. Pintar, vestir, virar uma aguardente para a próxima função.


Você tá pensando que é da alta sociedade se atira mendigos no imundo xadrez? Se eu só lhe fizesse o bem... Não é por estar na sua presença, mas não tem cigarro, acabou minha renda, deu praga no meu capim e eu queria ser um tipo de compositor capaz de cantar nosso amor modesto.


Ontem vi tudo acabado, meu céu desastrado, medo, solidão, ciúme. Vi cidades, vi dinheiro e consta nos astros, nos signos, nos búzios e quando aumentar a fita as línguas vão falar que vai passar!!!


Viva Chico Buarque!!!


Rio de Janeiro, junho de 2021.


 

O que rola na internet?


O Rio de Janeiro, apesar de estar no fundo do poço,

tem lindas musicas em sua homenagem.


MPB em Alta.



Lindo videoclipe, gravado na Cidade do México.

Da Quebrada, com Nika B.




Que legal esse programa, com DJ Falcão, sobre Música Angolana, Mister Braun, Lazaro Ramos...


 

Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro.

Tudo online!


A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.



Abra um perfil na Cedro Rosa e acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



Comentários


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page