top of page

Cantando a Nossa História – Um Rio de Sons”, atriz Zezé Motta, Euridice Ambrósio, e apresentação de Saulo Laranjeira




Dia 27 de janeiro, sábado, às 19h, no Teatro Marilice Margarida da Cunha,  da Escola Metodista de Queimados, Zezé Motta, Euridice Ambrósio, e Saulo Laranjeira apresentam o projeto Cantando a Nossa História – Um Rio de Sons”.


“A Música Cantando a Nossa História – Um Rio de Sons” vai revelar a você inéditas histórias que permeiam vidas e canções e compõem uma memória cultural que precisa estar permanentemente ativada junto ao nosso imaginário. 


Patrocínio da Naturgy e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro – Lei Estadual de Incentivo à Cultura, em parceria com a Prefeitura Municipal de Queimados - Secretaria de Cultura e Turismo.




Com uma trajetória cultural única, educadora, atriz, cantora e compositora, Euridice é criadora do Grupo Afro Cultural Aganju, que impulsionou o Maculelê, a Capoeira, desfiles de beleza negra, dança afro-brasileira e oficinas de artesanato como forma de expressar a preservação e a celebração da riqueza cultural afro-brasileira na cidade de Queimados.



SÁBADO

27/01/2024 – 19 HORAS

ENTRADA FRANCA

Classificação Etária Livre

Distribuição de senhas a partir das 18 horas – Ingressos limitados

TEATRO MARGARIDA MARILICE DA CUNHA - ESCOLA MUNICIPAL METODISTA DE QUEIMADOS

Rua Papagaio S/No - Bairro Pacaembu - Queimados - RJ.

ÚNICA APRESENTAÇÃO!



SÁBADO!

27/01/2024 – 19 HORAS  

Distribuição de senhas a partir das 18 horas

TEATRO MARILICE MARGARIDA DA CUNHA - ESCOLA MUNICIPAL METODISTA DE QUEIMADOS 

Rua Papagaio S/No - Bairro Pacaembu – QUEIMADOS - RJ.

ENTRADA FRANCA

Ingressos limitados. 


Única Apresentação! 


 

Notas de Sustentabilidade: Cedro Rosa Digital Eleva a Música Independente para Novas Alturas



Em um compasso inovador entre tecnologia, sustentabilidade, ecologia, cultura e economia criativa, a Cedro Rosa Digital se destaca como uma partitura transformadora no cenário musical independente. A plataforma não apenas amplifica talentos, mas também ressoa um compromisso sólido com o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental.



A certificação e distribuição proporcionadas pela Cedro Rosa Digital transcendem as fronteiras da música, gerando impacto positivo na sociedade. Adotando práticas sustentáveis, a plataforma não só oferece um palco para artistas, mas também incentiva um ecossistema musical mais verde, reduzindo a pegada de carbono.




Ao entrelaçar tecnologia e cultura, a Cedro Rosa Digital não só fomenta empregos na indústria musical, mas também impulsiona a economia criativa. Artistas independentes encontram oportunidades para prosperar, injetando vitalidade nas comunidades locais e contribuindo para o crescimento econômico.


0 comentário

+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page