top of page

MANIAS E CODINOMES



Cada doido com a sua mania… Tendo a achar que todo mundo tem uma doidice, seja ela secreta ou não, mas todos têm pelo menos umazinha, assim, de nada... Não estou fazendo referência aos transtornos de qualquer ordem, que são responsáveis por muito sofrimento às pessoas. Não. Quero dizer daquelas maniazinhas que ainda não são problemáticas e, por vezes, até legais ou amorosas.


Primeiramente, vamos falar das manias esquisitas de algumas pessoas que conheço: Tem um que cumpre ritual rígido para começar a trabalhar — liga o seu equipamento, primeiro isso, depois aquilo... Senta, limpa o teclado com uma escovinha, passa pano no monitor, assopra a poeira (que não existe) da mesa, confere a impressora, as canetas, puxa a cadeira para cá, para lá, acomoda os glúteos, afasta, avança, abre seus programas sempre na mesma ordem, invariavel e rigorosamente, todos os dias; outro que não deixa o volume de qualquer coisa em números ímpares; uma outra que confere mais de três vezes, no mínimo, se realmente trancou a porta, virando novamente a chave, mesmo tendo certeza de que trancou, além de apagar e acender as luzes duas vezes; tem mais um que escova os dentes compulsivamente, mais de sete vezes ao dia, todas passando o fio dental e o enxaguante bucal; um que coloca o feijão por cima do arroz, e aquele que coloca o arroz por cima do feijão. E conheço até os separatistas: tudo dividido no prato, simetricamente, nada por cima de nada  ̶  almofadinhamente separadinhos. Nunca critiquei...


Noves fora as manias que, de certa forma, foram absorvidas e passaram à condição de, digamos assim , superstição popular: não passar por baixo de escadas, virar calçados que estejam com a sola para o lado de cima, não encarar gatos pretos, derramar sal, quebrar copos ou garrafas de bebidas alcoólicas, espelhos, abrir guarda-chuvas dentro de casa, comer aves no réveillon, os noivos verem as noivas antes do casório e outras menos votadas. E eu tenho todas elas, e algumas outras também.


Os ciganos ensinam que você precisa ter cinco cuidados que, segundo eles, se tiver, garantirão paz e harmonia no seu lar: 1) Jamais deixar a tampa do sanitário fora de uso aberta; 2) manter o banheiro sempre com a porta fechada; 3) Nunca deixar louça para ser lavada de um dia para o outro na pia da cozinha e/ou restos de comida; 4) Retirar do seu chaveiro, qualquer chave que não tenha mais utilidade; e 5) Nunca deixar a mesa principal da casa descoberta, sem uma toalha.


Dentre outras manias que tenho, uma, de certa forma, nasceu de maneira proposital, mas só fui perceber depois de algum tempo que tinha virado mania. É a de colocar apelidos nas pessoas que eu amo, com exceção, já que não tenho filhos, de pai e mãe que já têm esses codinomes, e das duas ex-mulheres, que sempre foram chamadas de Amor. O codinome pode ser apenas o diminutivo do nome, uma corruptela, uma adaptação da corruptela, e até mesmo um codinome totalmente inventado. São formas exclusivas de denominar meus amados e minhas amadas, já que são exclusivos também.


Um 2024 cheio de alegria e paz no coração às amigas e amigos.

Um beijo do poeta.


 

A Cedro Rosa Digital emergiu como uma força inovadora no fortalecimento do pagamento e distribuição de direitos autorais musicais em escala global.



Através da plataforma online (https://cedrorosamusica.online/), artistas independentes de cinco continentes encontraram uma solução confiável para registrar e certificar suas obras e gravações, impulsionando sua proteção e reconhecimento.



Com a plataforma disponível em inglês e português, a Cedro Rosa Digital democratizou o acesso a um processo de certificação simplificado, ágil e seguro para os criadores musicais. Essa abordagem revolucionária permite que artistas em todo o mundo garantam a autenticidade de suas criações, assegurando seus direitos autorais em um ambiente cada vez mais digital e globalizado.



A plataforma não apenas certifica a autoria das obras, mas também oferece uma base confiável para facilitar o pagamento justo e transparente de direitos autorais aos artistas, independentemente de sua localização geográfica. Essa abordagem inclusiva e inovadora tem sido fundamental para a sustentabilidade financeira e o reconhecimento justo de talentos emergentes e estabelecidos na indústria musical global.




Ao unir a tecnologia com o apoio aos artistas independentes, a Cedro Rosa Digital está desempenhando um papel crucial na evolução do cenário musical, promovendo a valorização e proteção das obras autorais em todo o mundo.

Comentarios


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page