top of page

CRIATIVIDADE PARA SALVAR O RIO


José Luiz Alquéres, historiador


A vida moderna criou para o morador das grandes cidades uma maneira peculiar de desvinculá-lo dos problemas urbanos. Dentro do abrigo do seu lar, ele desfruta dos confortos que lhe são acessíveis, como televisão e ar condicionado. Nos seus locais de trabalho, ele igualmente tem auxiliares de manutenção, secretárias especializadas e as vezes até o “homem do cafezinho”, para tornar mais amena a sua jornada. Entre esses dois destinos, sua vida torna-se uma correria, na qual ele mal olha por onde passa e usa a sua cidade quase sempre como apenas uma via de circulação.


Alguns mais cuidadosos e que não esqueceram de velhos hábitos queixam-se às autoridades de problemas encontrados, mas em geral acabam desiludidos, seja pela demora no atendimento ou até mesmo pela dificuldade em identificar a entidade responsável pela respectiva solução.


Claudio André Castro é um empresário diferente e foi pessoalmente, como cidadão extremamente zeloso com o patrimônio público, cobrar providências mais eficazes à Prefeitura. Lá chegando, foi recebido gentilmente com um catálogo onde o número de reclamações do público na área objeto de sua atenção era insignificante, ou seja, nem mais reclamar os habitantes faziam.


Claudio André concebeu e criou então o Aliança Centro, uma entidade de proprietários e moradores do Centro do Rio, dedicada a apontar para os canais competentes da Prefeitura os problemas que nos seus trajetos essas pessoas identificavam. Criou também um software que pela mera fotografia do problema, através de georreferenciamento, já o encaminha, com sua localização, para a Prefeitura. A eficácia desse instrumento, gerido por outro craque, Marcelo Haddad, se mostrou enorme e ele tem como grande vantagem também voltar a fazer de cada morador um sensor do espaço público que lhe afeta. Essa retomada da ligação das pessoas com o espaço público, a sensação que a cidade pertence a seus habitantes, é o maior ganho deste processo.


Claudio André, porém, não se limitou a essa “organização de cobranças ao poder público”. Ele passou a liderar ações de particulares, sensibilizando para isso outros apoiadores privados, para restaurar bens públicos. Na última semana, sua maior realização até o momento, a restauração do edifício e do interior da Igreja de Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores, foi concluída e solenemente reinaugurada.


A igreja abandonada pela Irmandade quase inexistente que a havia construído há quase três séculos possui características únicas dentre as do barroco brasileiro, como uma planta elíptica, uma galilé na entrada e uma cúpula com lanternins de iluminação. Seus altares interiores, verdadeiras joias, e uma harmônica produzida em Paris especialmente para o seu ambiente são apenas alguns dos seus encantos.


Claudio André merece o reconhecimento dos habitantes e das autoridades da nossa cidade. Seu exemplo deve ser seguido caso queiramos voltar a fazer do Rio um motivo de orgulho e alegria para seus frequentadores. Mas, o mais importante é que o sentimento que a sua atitude despertou e despertará em todos aqueles que circularam por esse trecho inicial da Rua do Ouvidor seja multiplicado por todos os bairros da cidade.


 

Economia Criativa responde por 3.11% do PIB, a música gera renda para milhões de pessoas e divisas internacionais para o Brasil.



Donga, autor do primeiro samba gravado no Brasil, repertório administrado pela Cedro Rosa

Estudo do ITAU Cultural


A Cedro Rosa, produtora de conteúdo audiovisual e administradora de direitos autorais, está desenvolvendo projetos de formação de plateia e desenvolvimento de mão de obra na área cultural e tecnologia, em todo o Brasil.



Escute o repertório da Cedro Rosa, que reúne milhares de musicas dos 5 continentes.

Plataforma promove qualidade e segurança para artistas independentes no mercado da música.



A Cedro Rosa Digital tem desempenhado um papel fundamental no mercado da música independente ao oferecer uma plataforma especializada em distribuição, certificação e licenciamento de músicas. O destaque dessa plataforma está na importância da certificação, que assegura a autenticidade das obras e a geração de direitos autorais para compositores, músicos, bandas e produtores.



Tempero Carioca, um grupo de samba de excelência. Artista Cedro Rosa.



Com a crescente busca por trilhas sonoras exclusivas e autênticas, a Cedro Rosa Digital se tornou referência ao oferecer um rigoroso processo de certificação das músicas disponíveis em sua plataforma. Isso proporciona confiança tanto para os artistas, que têm suas obras protegidas e remuneradas adequadamente, quanto para os produtores audiovisuais, que encontram trilhas sonoras de qualidade para seus projetos.


Hora de escutar forró, com o grupo Pimenta do Reino, artistas Cedro Rosa.

Ao escolher a Cedro Rosa Digital, compositores e produtores contam com uma plataforma confiável e especializada, garantindo a proteção de seus direitos autorais e a geração de renda por meio das suas criações. A empresa está desempenhando um papel significativo na valorização da música independente, ao impulsionar a importância dos direitos autorais e promover um mercado mais justo e sustentável para os artistas.

+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page