top of page

AMAR PARA EDUCAR


Luana Oliveira


Em um tempo não tão distante quem se despedia da sala de aula era eu, porque todo professor um dia já foi aluno, mas hoje eu que recebo mensagens, demonstrações de carinho e despedida, com a sensação de dever cumprido escrevo essas palavras, afirmo ainda que a minha trajetória está longe de ser finalizada, pois, eu amo o que faço e acredito que serei para sempre educadora, foi nesta missão que me encontrei. Falar de despedida é também falar de recomeço.


A frase que me vem à mente toda vez que me despeço de um jovem que finalizou um processo de desenvolvimento e de aprendizagem sob minha orientação é:

“O educador se eterniza em cada ser que educa” (Paulo Freire).


continua...



( continuação)


100 anos de verdades, 100 anos de um olhar para a autonomia, 100 anos de contribuição para as metodologias. Não poderia deixar de citar aquele que abre discussões e que sempre foi a favor de novas construções.


Me parece coerente o discurso que percorrem essas linhas que a cada despertar elas são reafirmadas com uma mensagem. (Hoje quando abri as minhas redes sociais tinha uma mensagem de Thalita, que foi minha aluna e que faz questão de manter meu coração aquecido) precisava citar essa garota nesta publicação.

Eles nem imaginam o bem que me fazem.


Acredito que o educador jamais deixará de ser aprendiz, eu me orgulho do caminho percorrido e do quão significativo representa a minha passagem na vida de algumas pessoas.


Essa semana quando um jovem se despediu dizendo obrigado, lá, no fundo eu consegui mesmo distante sentir verdade em suas palavras, lembrei-me de um texto que digitei para um grupo de alunos ao qual vivi momentos intensos de aprendizagem, confesso que agora se fosse para falar a voz estaria embargada em meio ao poço de emoção que sou.


Ouvi uma vez de uma pessoa que quando se é bom no que se faz você não precisa da afirmação dos outros ou da aprovação do trabalho executado e hoje com muita propriedade para discutir, eu discordo desta afirmação. O retorno do meu jovem, o carinho de Thalita e de tantos outros que recebo diariamente me fez voltar em 2019 e fazer aquele balanço de evolução, sabe? Um feedback positivo impulsiona nosso olhar, nos possibilita novos horizontes e nos resgata da inércia da rotina daquele trabalho que se não for de aprendizagem significativa e de equilíbrio pessoal, acabará se tornando fardo.

Eu sou apaixonada por compartilhar e por aprender com eles.


E as palavras seguintes são aquelas de 2019 que se tivesse sido escrita em folha de papel teria borrões, pelas lágrimas que rolaram pelo meu rosto naquele ano e novamente em 2021.


“Me deparei com a despedida, porém ao qual me orgulho, percorremos um belo caminho, conseguimos cumprir o combinado, aprendemos teoria e técnicas imprescindíveis para o mercado de trabalho, e mais importante que isso, espero ter tocado sua alma, que você cresça e tenha uma carreira linda de sucesso, que não deixe de ser humilde, que tenha empatia, que usufrua do CHA e tenha muita sabedoria para enfrentar os desafios da vida. Espero do fundo do meu coração que esse ano seja lembrado por você, que essas aulas lhe sirvam de instrumentos na busca do conhecimento e que a partir de agora trilhem o melhor caminho, não é só despedida é também dia de agradecimento, obrigada por passarem em minha vida, aprendi tanto com vocês.

Aprendi com a paciência de alguns, com a criatividade de outros, ah! Como aprendi e aprendo.

Que possamos nos encontrar nesse palco chamado vida!

Comemore os dias felizes, aprenda com as tristezas e os golpes duros da vida.


Cuide-se! Você é importante!


E nunca se esqueçam: O sucesso é a soma de pequenos esforços repetidos dia após dia e este caminho, vocês já começaram.


Foi assim que amorosamente eu me despedi, e é assim que me despeço sempre que me permitem, se não fosse assim, não poderia ser tão eu.


Luana Oliveira para Criativos!


 

Siga as Redes Sociais da Cedro Rosa.

 

A última de Bolsonaro e sua Trupe.

Espalhando Covid no ventilador na Reunião da ONU, em NYC e sugerindo tratamento anal-ternativo.



Para dançar!




Genocídio


Para de Roubar que Dá - 40 Anos do Clube do Samba 4.0 - Canta, Didu Noueira!


 

Cedro Rosa cria Plataforma mundial de Música, em 10 idiomas, para gerir direitos autorais e licenciar musicas.




Músicos, compositores, bandas, mídia, produtores de cinema, streaming, TV, publicidade e games em um único ambiente digital, para negócios de licenciamento.



Abra um perfil agora


Plataforma digital permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.




A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.




Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page