top of page

A Brisa




Oh Brisa, pobre de mim

Pois queria você só para mim

Não dividiria com o mundo

Uma sensação boa assim


O seu toque delicado

É um convite que me faz

A vivenciar por instantes

A paz que você me traz


Muitas vezes não percebo

O seu breve sussurrar

Tão suave é sua passagem

Que mal posso aproveitar


Oh brisa, ai de mim

Que queria você só para mim

Soprando em meus cabelos

Trazendo cheiros de jasmim


E quando sinto sua presença

Você me faz despertar

Para as sutilezas da vida

Que por vezes deixo passar


Incessante, inabalável

Surpreende de repente

Desaparece em instantes

Ninguém te vê, somente sente


Oh Brisa pobre de mim

Por querer você só para mim

Venha logo, volte sempre

Com seus encantos sem fim


De Paula Sabbag para CRIATIVOS!


 

Leia Mais!


 

Música!


 

Cedro Rosa Digital cria Plataforma mundial de Música, em 10 idiomas,

para gerir direitos autorais e licenciar músicas, em parceria com grandes players mundiais.

Conheça mais de 3 mil músicas certificadas.


Veja como participar aqui.

 


0 comentário

Opmerkingen


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page