Lisa

ESTUDO DE PERSONAGEM POSSÍVEL



BRASIL, DÉCADA DE 90 E INÍCIO DOS ANOS 2000. PERSONAGEM NASCE E CRESCE EM UMA FAMÍLIA SIMPLES DO SUBÚRBIO. PERSONAGEM IMPROVÁVEL, PADRÃO QUASE INALCANÇÁVEL DE PERFEIÇÃO.

Orgulho da família, a Lisa. Coisa linda!

O pai contrariara a mãe ao dar a ela o mesmo nome da menina inteligente dos Simpsons. Não imaginava que funcionaria tão bem. O moleque mais velho era uma cópia do Bart, tão preguiçoso quanto, além de inquieto e aprontador. As escolas do bairro, ao menos as mais próximas, já tinham uma certa prevenção a respeito dele. Foi considerado persona non grata em três delas, antes do fim do ensino fundamental. A irmã, ao contrário, pouco mais nova, era um modelo de estudante aplicada e inteligente, fenômenos que nem sempre caem no mesmo lugar.

A família, à exceção dos filhos, não guardava semelhança com a do seriado. Mãe e pai sérios, respeitados na vizinhança, sofriam com as frequentes encrencas do garoto e se enchiam de orgulho a cada conquista de Lisa.

Foi assim que a pequena se encheu de títulos ao longo da vida escolar. De rainha da