top of page

Troca-troca na indústria da música. CEO sai do Spotify para Google Music


Paul Smith_ex Spotify_fonte: Google_reprodução

Uma mudança agitou o mercado de streaming musical: Paul Smith deixou o Spotify pelo Google Music. Trata-se de um forte indicador que a batalha vai se acirrar entre os gigantes internacionais.

O comunicado foi feito através do Linkedin de Smith.


O executivo tem larga experiencia no mercado de licenciamento musical, com passagens pela Universal Music, Microsoft e Nokia.



 

Cedro Rosa Digital cria Plataforma mundial de Música, em 10 idiomas,

para gerir direitos autorais e licenciar musicas.

Veja como participar aqui.

 

Uma das áreas mais sensíveis da industria da música são o pagamento de direitos autorais e isso começa com a correta certificação e identificação de obras e gravações.


Músicos, artistas, agências coletivas de direito autoral, editoras musicais e instituições públicas na União Europeia, Estados Unidos e até na China tem pressionado as empresas de streaming musical para serem mais transparentes na distribuição destes valores.


O Google é a maior de streaming do mundo, no sistema UGC (conteúdo gerado pelos usuários) e seguramente vai usar essa posição para o streaming pago, cujos líderes mundiais são Spotify, em música e Netflix, em filmes.


 

Música brasileira em alta.


Playlist Youtube.



Playlist Spotify.



Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page