top of page

Paulinho da Viola e o Século XIX


Carlos Fernando Gross


“Sou um homem do século XIX” nos revela Paulinho da Viola cujas sensibilidade e profundidade nos é mostrada pelo ensaio do J.L. Alqueres. Ensaio instigante que desnuda a alma criativa deste artista de Madureira. Ouvimos muitas vezes suas composições, mas o ensaio de Alqueres é que nos trouxe a importância deste autor, nascido em 1942.


O que nos trouxe aquele século XIX, tão distante e tão perto, de importante ?


Principalmente a invenção da anestesia em meados do século. A experiência com gás hilariante em um circo livrou a humanidade de milhares de anos de dor e sofrimento.

As mulheres não precisariam sentir mais as dores do parto mas os homens – alguns – teriam que trabalhar para viver. Preceito bíblico anulado.


Em 23 de janeiro de 1901 morre a rainha Vitória, menos de um mês depois do final do século no qual ela ditou a moral e os costumes por sessenta anos; desconfiamos que ela ditava, mas não cumpria completamente o que preconizava; sua descendência influencia fortemente o mundo por muitos anos. Inglesinha feroz.

No último ano do século XIX – Freud publicou “A Interpretação dos sonhos” obra que destrói as bases do humanismo.



Ouça o lindo trabalho autoral do pianista Chiquinho Neto, na Spotify.



Rousseau escreveu – será que escreveu mesmo? “Todo homem nasce puro e a sociedade o corrompe”. Freud determina que o homem nasce pronto, resultado das qualidades, características e defeitos de seus ancestrais e na verdade corrompe a sociedade, obra decisiva e contestada – o próprio Freud, mais tarde revê alguns destes conceitos.


Também no último ano daquele século fascinante Rachmanioff compõe o II Concerto para piano e orquestra, concerto espetacular; a liderança dos músicos russos exercida pelo Conde Rimsky Korsakov o repreendeu duramente acusando de compor obras do século XIX.


Paris logo depois abraçaria Stravinsky e sua obra revolucionária. Os alemães e austríacos exaltariam Schoenberg e sua inviável música dodecafônica.

Os franceses só pensavam na vingança contra os alemães: depois destes terem fundado - abusados e irresponsáveis - seu império no Palácio de Versailles com a França derrotada. O que virá depois já conhecemos.


O século XIX começa com Napoleão e Beethoven – almas gêmeas – e termina com Freud. O século XX começa com Einstein e a energia infinita e termina com a internet e a comunicação sem limites.

Paulinho da Viola é um artista que estaria bem em qualquer século.


Olhemos para cima e para todos os lados.


 

Eliane Lage, a primeira atriz/estrela da Vera Cruz, a Hollywood brasileira



 

Ouça!


Músicas em homenagem ao combalido Rio de Janeiro




 

Siga as Redes Sociais da Cedro Rosa.

 

Cedro Rosa cria Plataforma mundial de Música, em 10 idiomas, para gerir direitos autorais e licenciar musicas.




Músicos, compositores, bandas, mídia, produtores de cinema, streaming, TV, publicidade e games em um único ambiente digital, para negócios de licenciamento.



Abra um perfil agora


Plataforma digital permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.



A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



 

Ouça!



Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page