top of page

Novo programa de ajuda para músicos e locais de música ao vivo... em Houston... já no Brasil...



Sylvester Turner - Prefeito de Houston - Entrevista para Post
Sylvester Turner - Prefeito de Houston - Entrevista para The Whasington Post / fonte: Youtube

HOUSTON - O prefeito de Houston, Sylvester Turner, e membros do Conselho Municipal de Houston determinaram uma ajuda de US $ 3 milhões para músicos e locais de música ao vivo da cidade.

Músicos podem receber até US $ 5.000 e locais de música podem receber até US $ 50.000 ou US $ 100.000, dependendo do tamanho do orçamento, de acordo com um comunicado à imprensa.


O programa foi feito em razão da pandemia do coronavírus forçou muitos locais locais a fechar ou adiar os eventos. O Gabinete de Assuntos Culturais do Prefeito criou o programa como um recurso para músicos locais e locais de música com e sem fins lucrativos para sustentar suas operações durante e após a pandemia, de acordo com um comunicado de imprensa.


Para se qualificar, os candidatos:

  • Deve ser um local de música ao vivo cujo principal local de negócios esteja localizado dentro dos limites da cidade de Houston.

  • Deve ser um músico cuja residência principal esteja localizada dentro dos limites da cidade de Houston.

  • Deve fornecer evidências de como a receita do negócio diminuiu significativamente devido a restrições governamentais ou outros desafios devido ao COVID-19.

  • Deve estar em conformidade com os requisitos da cidade (por exemplo, impostos sobre a propriedade, propriedade pessoal, motivos para exclusão, etc.).

Juntamente com os requisitos, uma pontuação ponderada será usada para garantir a distribuição igualitária dos fundos. As inscrições devem ser classificadas por pontuação objetiva e o financiamento será aplicado até que o programa acabe, de acordo com o comunicado.


No Brasil, a distribuição de recursos da Lei Aldir Blanc ainda está intrincada. Municípios e Estados arrastam-se entre omissão e inanição


O segmento da música foi o primeiro a parar e será o último a retomar suas atividades, porque aglomeração é parte da atividade, seja em shows, turnês, gravações e especialmente na audiência. Em vários paises da Europa e nos Estados Unidos surgiram ajudas específicas para a cadeia produtiva da música, incluindo artistas, músicos, estúdios e locais de musica ao vivo, como teatros, casas de shows, etc.


A Lei Aldir Blanc, que determinou uma ajuda especial ao segmento no Brasil ainda não deslanchou, o que traz grandes problemas para a cadeia produtiva da musica.


"A cadeia musical da música é enorme no Brasil, são centenas milhares de famílias entre músicos, compositores, técnicos, produtores, compositores, staff de música ao vivo e turnês, garços, cozinheiros, seguranças, motoristas, rodies, etc, todos estão à mingua", declara Tuninho Galante, diretor da Cedro Rosa.

"Há necessidade urgente de apoio governamental ao segmento, como diversos paises do mundo estão fazendo", acrescenta Galante.


 

Música certificada para trilhas sonoras diversas, tudo online, gera receita para artistas, bandas e compositores.

A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de música e conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo, criou a plataforma Cedro Rosa Digital que reune em um único ambiente quem cria e produz músicas com usuários e a indústria da midia, publicidade, audiovisual, games e conteúdos para contratos de licenciamento musical.


Ou seja, todos podem ter uma trilha sonora certificada, licenciada para um video caseiro, uma campanha na rede social ou um longa-metragem onde todos ficam satisfeitos: quem criou as músicas e quem as está licendiando. Os valores são a partir de R$ 9 reais.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas no mundo inteiro e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações para trilhas sonoras diversas.


Abra um perfil na Cedro Rosa e acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa





Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.


 





0 comentário

Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page