Não sei



Uma das boas vantagens da idade é uma certa liberdade que a gente adquire para pequenos exageros na nossa biografia.


Posso, por exemplo, sentar para conversar com alguém bem mais jovem e criar uma bela história de castelos e princesas, enfeitada com atos de heroísmo e batalhas de quase morte.


No final é bem provável que a/o ouvinte nem acredite no relato, mas, por uma questão de respeito ou quem sabe uma peninha incontida, louvará minha astúcia e minha coragem.

Talvez até jure de pés juntos (nunca entendi muito bem essa expressão) que a partir desse momento seu sonho de vida é desfrutar de aventuras como as minhas.