Literatura / Vinícius de Moraes e Antônio Maria têm encontro marcado em Itatiaia.


Lais Amaral Jr.


Esse evento, improvável para os céticos e para os sem poesia na alma, não tem nada a ver com mediunidade. É que no dia 17 de março comemora-se o aniversário de cem anos de Antonio Maria. Aquele pernambucano carioquíssimo que cantou pra subir no nefasto 1964. Com míseros 43 anos. Rolando Boldrin diria: “foi embora antes do combinado”.


O que vai tornar o reencontro possível é uma deliciosa coincidência que levou dois atores, Cláudio Mendes e André Whately, que se conhecem, de bom tempo, a montarem, sem que tivessem combinado, espetáculos falando desses dois amigos e ícones dos chamados ‘Anos Dourados’ na cidade do Rio de Janeiro.