top of page

Literatura / Vinícius de Moraes e Antônio Maria têm encontro marcado em Itatiaia.


Lais Amaral Jr.


Esse evento, improvável para os céticos e para os sem poesia na alma, não tem nada a ver com mediunidade. É que no dia 17 de março comemora-se o aniversário de cem anos de Antonio Maria. Aquele pernambucano carioquíssimo que cantou pra subir no nefasto 1964. Com míseros 43 anos. Rolando Boldrin diria: “foi embora antes do combinado”.


O que vai tornar o reencontro possível é uma deliciosa coincidência que levou dois atores, Cláudio Mendes e André Whately, que se conhecem, de bom tempo, a montarem, sem que tivessem combinado, espetáculos falando desses dois amigos e ícones dos chamados ‘Anos Dourados’ na cidade do Rio de Janeiro.


Cláudio Mendes faz um monólogo contando um dia na vida de Antonio Maria. Sucesso que encaminha a peça para a quinta temporada e já rendeu indicações a prêmios de melhor ator. André Whately é alucinado por Vinícius. Criou, atua e dirige um espetáculo teatral, musical e poético intitulado: “Vinícius de Moraes é... demais”, no qual mostra a trajetória de Vinícius com seus quatro principais parceiros: Tom, Baden, Lyra e Toquinho. E já faz isso há 28 anos. (continua)



 

Escute a playlist de Mário Lago, na Spotify.

Discos Cedro Rosa.

 

E André que não para de pesquisar vida e obra do ‘poeta, compositor e diplomata’ vem colocando holofotes sobre uma parte da vida de Vinícius, não muito badalada: a importância que a Mantiqueira tem para a obra do bardo. Vinícius de Moraes se descobriu verdadeiramente e se acreditou como poeta à vera, em meio a montanhas, matas e rios da Serra da Mantiqueira.


Quando seu grande amigo Antonio Maria morreu, Vinícius estava enfurnado na mata, entre as montanhas. Era 15 de outubro. Depois de saber do pior ele escreveu uma carta para o cronista, com o título ‘Morrer num bar’. E logo no início da missiva ele se descortina e mostra onde eclodiu como poeta:


Aqui, parado em frente a estas montanhas onde, há trinta anos atrás, descobri maravilhado que eu tinha uma voz para o canto mais alto da poesia, e para onde, neste mesmo hoje, você deveria chamar porque (dizia o recado) não aguentava mais de saudades - aprendo, sem galicismo e sem espanto, a sua morte”.



 

Escute, siga, compartilhe!

Playlist - O melhor da Bossa Nova e do Samba-Canção em Manhattan Bossa Nova - Spotify


 

O reencontro será durante o monólogo na noite de 17 de março no Jazz Village Bistrô, no espaço musical do hotel Pequena Suécia, em Penedo, glamouroso bairro de Itatiaia. Cláudio Mendes como Antonio Maria, receberá o convidado especial, seu amigo Vinícius de Moraes, na pele de André Whately. Os amigos de música e boemia se reencontram 56 anos depois do adeus de Maria.


Vinícius conhecia bem a alma do amigo. A tal carta ‘Morrer num bar’, mostra isso. Assim ela começa:


“Aí está, meu Maria... Acabou. Acabou o seu eterno sofrimento e acabou o meu sofrimento por sua causa. Na madrugada de 15 de outubro em que, em frente aos pinheirais destas montanhas queridas, eu me sento à máquina para lhe dar este até-sempre, seu imenso coração, que a vida e a incontinência já haviam uma vez rompido de dentro, como uma flor de sangue, não resistiu mais à sua grande e suicida vocação para morrer...”


Será uma delícia ver os dois juntos. Com boa música, conversa sedutora e copos, claro. Estarei no gargarejo, mas respeitando o distanciamento.

 

A Dança da Porta-Bandeira, de Evandro Lima e Lais Amaral Jr.

Repertório Cedro Rosa.


 

Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Qualquer pessoa ou empresa pode licenciar as obras para trilhas sonoras diversas. Tudo online!


A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.



Abra um perfil na Cedro Rosa e acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



 

Playlist da Cedro Rosa no Spotify e no Youtube. Músicas disponíveis para licenciamentos.


A Cedro Rosa representa milhares de obras musicais originais. Escute as playlists nas plataformas mais famosas do mundo.




O Melhor da MPB




Bossa Nova / Spotify

Instrumental Esporte Fino / Youtube




Cantando e sambando com distanciamento social ou em Casa! / Spotify.




Todas essas obras são representadas pela Cedro Rosa.

Abra um perfil em nosso site.

Consulte-nos para sincronizações para trilhas sonoras.


Acompanhe nossas redes sociais.



 

Compositores, músicos e artistas estão na Cedro Rosa

Produtores de TV, Cinema, Video, Teatro e Publicidade estão na Cedro Rosa.

Jornalistas e escritores estão na Cedro Rosa.

Você também pode estar na Cedro Rosa.

Abra um perfil agora.

Plataforma Cedro Rosa Online, em 10 idiomas.


0 comentário

+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page