Janaína e as estações do ano


Paula Sabbag

Janaína não gosta de sair no inverno. O frio a deixa sem disposição. Se garoar então...Os amigos fazem vários convites, ela recusa quase todos. "O frio me deixa pra baixo", diz ela. Porém mesmo assim, o que vale a pena pra ela durante o inverno são os cafés da tarde com bolo quentinho da vó, o pão de queijo com café preto da mãe. E quando chega a hora de dormir? "Ah, essa é a melhor hora". Pega seu edredom e abre o livro de cabeceira para cair no sono depois de algumas páginas. E assim Janaína atravessa o inverno, aproveitando esses momentos e ansiosa pela próxima estação.



Já na primavera é lindo de ver! O sorriso lindo de Janaína se faz sempre presente, ela passa os dias a cantar. Usa vestidos de cores fortes e alegres para combinar com a paisagem, com o colorido das flores que desabrocham nessa estação. E escolhe os batons e laços de cabelo perfeitos para combinar com a beleza e a leveza da primavera e de seus encantos, sua brisa suave, de sua alegria.


Verão chegando... Nem o suor que persiste em escorrer pelo rosto de Janaína a incomoda. Imagina!


Ela já prepara o guarda roupa e coloca as pilhas das roupas mais levinhas na parte da frente das gavetas para que possa escolher com facilidade o que vai usar no dia. E de manhã a cada despertar, já pensa no sabor do sorvete, no banho de mangueira, na viagem para a casa de praia. E aguarda sempre o pôr do sol. "Esse momento é mágico". E ela para tudo pra chegar até uma praça ou pelo menos até uma janela e ali ficar, até escurecer de vez.


Lá se vai o verão e Janaína sente no coração uma sensação de dever cumprido. Curtiu a estação como ninguém e já está preparada para a próxima. "O outono me traz paz". Ela se sente como as grandes modelos de passarela que assiste na TV, elegante. Adora usar tons de marrom e cinza, ela acha que eles combinam muito com essa estação. E já projeta em sua mente o que fará e como será esses quatro meses a seguir, e continua se adaptando ao novo ano escolar, fazendo novos planos, novos amigos na escola.


A vida de Janaína é assim. A cada primavera, verão, outono e inverno ela sabiamente vivencia os momentos únicos que são presentes que cada estação traz. E assim é a vida de todos nós. As estações do ano podem ser comparadas com as fases da vida. Elas são um ciclo contínuo, chegam e vão embora. Umas mais melancólicas, outras mais coloridas. E se formos sábios como a pequena Janaína, saberemos sempre enfrentar cada "estação" de nossa vida usufruindo do que elas têm de melhor.


 

O que rola na internet?




Rede de Conversas - Novo projeto: A Arte de Proteger, com Cecilia Borges.