top of page

Gratidão




Tenho ouvido muitos agradecimentos nos últimos dias, agradecimentos de três pessoas que eu verdadeiramente admiro, acredito no potencial, e que eu sei que se sentem agradecidas por eu ter “supostamente” as ajudado...


Na verdade o mérito foi sempre delas, no fundo eu acho que apenas estava no lugar certo para de alguma maneira poder colocar o “plano maior” pra funcionar. Sim eu também fazia parte dele.

Deixe-me explicar melhor o que eu quero dizer, mas para que isso seja possível preciso voltar a março de 1993.


Eu tinha acabado de ser demitido, com filho pequeno, contas para pagar e com muito medo, afinal eu era apenas um garoto de pouco mais de vinte anos.

Aqui começa a parte onde eu sempre falo que um dia você ajuda em outro você é ajudado, e assim a roda do destino gira com coisas que precisam acontecer, mas com muitas lacunas em branco que a gente é responsável por preencher.



Amo música instrumental! Escute! Os instrumentistas são muito bons! E me acalma!



Um vizinho havia levado um currículo meu para uma montadora de carros no ABC paulista, e para minha imensa surpresa recebi um telegrama (sim um telegrama) me convocando para o processo seletivo.


Eu deveria estar em um determinado local em uma determinada hora em um feriado que acredito era de carnaval.


Seriam dois dias inteiros de processo, mas não é esse o ponto que quero levantar, acho que nunca comentei isso com ninguém, pelo menos não me recordo, mas vamos a mais alguns fatos.


Eu não tinha carro naquela época, teria que estar no horário marcado também no segundo dia para poder ir ao local onde aconteceriam as etapas para contratação no ônibus da empresa, tanto no primeiro quanto no segundo dia de processo seletivo, mas naquela manhã alguma coisa não saiu como esperado, e quando eu abri meus olhos percebi que havia perdido a hora.


Imagina em 1993, sem celular, sem carro, só me restou ligar desesperado para o meu pai poder sair da casa e tentar fazer com que eu chegasse a tempo no local onde todo o processo aconteceu... coitado do meu pai, nem tirou o pijama, saiu correndo feito um louco para tentar me fazer chegar a tempo.


No dia anterior tinham deixado claro todos os passos que deveríamos seguir até finalizar o processo e ser contratado ou não, eu não podia perder aquela oportunidade, tinha muitas coisas em jogo ali.


Meu pai dirigiu feito um louco naquela manhã, eu só conseguia pensar que talvez tudo tivesse ido por água abaixo, como eu queria ser um homem com um pouco mais de fé naquele momento, talvez um pouquinho da fé da minha mãe ajudasse.



Vamos dançar! Cada um de seu jeito! Com distanciamento social! Nessa playlist!



Minha mãe era daquelas que sempre dizia assim: “Ah não posso dar nada pra vocês, não posso ajudar vocês, o que eu posso fazer é rezar, nas minhas rezas compridas todos os dias de manhã eu coloco vocês nas mãos do Senhor.”


Como ela me faz falta, e como a gente se sentia seguro quando ela dizia isso.

E meu pai continuava acelerando, e a distância nem era tão grande entre minha casa e o local do processo seletivo, mas se tem uma coisa que funciona nessa vida é a Lei de Murphy, que diz que se algo pode dar errado, dará.


Meu desespero só aumentou quando chegamos ao local e o portão estava fechado.

Não é possível, não é justo, me lembro que naquele momento a única coisa que eu senti foi vontade de chorar.


Meu pai então olha pra mim e diz: “Vai lá e tenta entrar.”


Eu tinha vinte e poucos anos, achava que sabia de tudo, acho que nem dei muita bola pro coroa ali do meu lado...


Vai lá rapaz!!!


O que aconteceu depois é o resultado que me transformou e me fez outra pessoa, uma antes daquele dia, outra depois e talvez pela primeira vez tenha me feito pensar no real significado da palavra gratidão.


Aproximei-me do segurança e expliquei minha situação, lhe disse que havia perdido a hora, mas que eu precisaria muito entrar, na verdade eu precisava muito que ele me ajudasse.

Bom, o resto é história, eu fui admitido, comecei a trabalhar na empresa em março de 1993, mas em 1995 fui transferido para o departamento de recursos humanos, trabalhei em diversas áreas, inclusive na Segurança Patrimonial, e por mais que eu tente me lembrar daquela alma boa que apareceu no meu caminho, eu não tenho a menor ideia de quem seja.


Todos os dias, seguindo um pouquinho dos ensinamentos da minha mãe, eu peço a Deus que abençoe essa pessoa, pois ela fez uma diferença enorme em minha vida, e mesmo sabendo que naquele momento estaria descumprindo uma determinação, ele abriu o portão e me deixou entrar.

Então meus caros e minhas caras, se hoje eu faço alguma coisa por alguém, é porque um dia alguém que nunca havia me visto e que não tinha porque me ajudar deixou tudo isso de lado e mudou a minha vida.


Se vocês um dia quiserem me agradecer, lembrem-se dessa história e quando alguém precisar da ajuda de vocês façam o mesmo sem esperar nada em troca, é assim que vocês crescerão e se tornarão referência para outras pessoas, afinal de contas eu apenas estava onde eu precisava estar para que vocês pudessem dar continuidade ao ciclo e assim ajudar a construir novas histórias um dia.


Paulo Eduardo Ribeiro, do Canal Ponte Aérea, para CRIATIVOS!


 

Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro.

Tudo online!


A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.



Abra um perfil na Cedro Rosa e acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.





+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page