top of page

ENCONTRO TRIPLO NO TRIPLEX


Setembro chega ao seu final com mais um Encontro Triplo no Triplex! Em grande estilo, na sua quadragésima terceira edição, no dia de dois-dois! Mais um time diversificado, para uma conversa no evento das artes independentes do Centro do Rio:


Preta Evelin é mestranda pelo PPGARTES-Uerj, multiartista e atriz, com trabalhos que compreendem o lambe-lambe, pichação, zonas de conflitos, vídeo artes, videoperformance, teatro, performances urbanas, poética ensaísta e cinema.

IGOR é cineasta, cineclubista e educador com 25 anos de atuação, sendo um dos fundadores do coletivo Mate com Angu, promovendo encontros e festivais de audiovisual em Duque de Caxias, RJ.


O artista multimídia niteroiense GABRIEL GARIBA completa a trinca, com uma pesquisa visual sobre as relações humanas na sociedade contemporânea. Seu trabalho passou recentemente por exposições como a Bienal on-line, promovida pela Bienal Internacional de Arte Contemporânea em Curitiba, CAN Pandemic ART em Nápoles (Itália) e SESC-RS. Recebeu, ainda, o prêmio Aldir Blanc na categoria Trajetória Cultural em SC.




Após a conversa, a atriz Anna Márcia Mixo e a cantora lírica Andreina Tamanini fecham a tarde com a atividade CANTAÇÃO, com muita poesia e óperas escolhidas a dedo.

As mostras LIVROS DE ARTISTAS, com trabalhos de 26 artistas e Três Artistas em Construção(com Roberta Gomes Miranda, Cláudio Gabriel e o próprio Gabriel Gariba)seguem em exibição no primeiro e segundo andares.




O artista multimídia niteroiense GABRIEL GARIBA completa a trinca, com uma pesquisa visual sobre as relações humanas na sociedade contemporânea. Seu trabalho passou recentemente por exposições como a Bienal on-line, promovida pela Bienal Internacional de Arte Contemporânea em Curitiba, CAN Pandemic ART em Nápoles (Itália) e SESC-RS. Recebeu, ainda, o prêmio Aldir Blanc na categoria Trajetória Cultural em SC.



TRIPLEX: O Território Regional Independente, Plural e Experimental é um projeto idealizado pelo artista visual Raimundo Rodriguez/Caza Arte Contemporânea, Luisa Gomes Cardoso (Canteiro de Alfaces) e Janete Scarani; materializado em parceria com Wladimir Jung Advogados Associados.




No imóvel histórico e tombado que já foi escritório jurídico de Rui Barbosa acontecem, ininterruptamente, desde 13 de julho de 2022, ações semanais com conversas, trocas e discussões com artistas, produtores culturais, professores e pesquisadores.


 

Escuta essa playlist de alta qualidade, artistas Cedro Rosa.



Artes, cinema, música e muitas outras áreas da cultura e economia criativa desempenham um papel fundamental no desenvolvimento econômico, geração de empregos e renda em todo o mundo. Além das mencionadas, áreas como design, moda, gastronomia, arquitetura e tecnologia da informação cultural também contribuem significativamente.


Cedro Rosa Digital, a musica independente do mundo está aqui.

Países como os Estados Unidos, Reino Unido, França e Canadá são líderes em investimentos nesse setor. Eles incentivam a produção cultural, oferecem subsídios e promovem festivais e exposições que impulsionam a economia criativa.


Playlist da nata da musica brasileira, by Cedro Rosa Digital, na Spotify.

A Cedro Rosa Digital, como uma plataforma global de distribuição de conteúdo digital, está gerando oportunidades para artistas independentes ao permitir que eles alcancem um público global. A plataforma oferece visibilidade e acesso a uma ampla base de fãs, além de opções de monetização. Artistas independentes podem criar, promover e vender seu trabalho de forma mais eficaz, contribuindo assim para seu desenvolvimento pessoal e econômico, enquanto enriquecem a diversidade cultural global.



0 comentário

Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page