top of page

Economia Criativa cresce no primeiro trimestre e gera 570 mil empregos

A economia criativa reage no primeiro trimestre de 2022, apesar da forte perseguição do governo Bolsonaro ao segmento.


Segundo o relatório do Observatório do Itaú Cultural, "dentre o 1º Trimestre de 2020 e o 1º Trimestre de 2022, o emprego na economia criativa aumentou 8%, trazendo a criação de cerca de 570 mil postos de trabalho. Os trabalhadores especializados criativos de Tecnologia da Informação foram responsáveis pela variação positiva de cerca de 260 mil postos (46% do total na Economia Criativa)".


Mas o que é Economia Criativa?

Leia esse artigo de Maria Paula Carvalho, de Paris, para a CRIATIVOS!




O segmento da cultura, artes e economia criativa emprega milhões de empregos diretos e indiretos e foi o mais atingido durante a pandemia da Covid-19, além das perseguições governamentais.


Segundo o relatório, "ressaltamos a importância da Lei Aldir Blanc no suporte ao setor para diminuição desse impacto. A lei, aprovada em 23 de março de 2020, foi regulamentada em agosto de 2020, com seus efeitos sendo sentidos a partir do primeiro trimestre de 2021".


Leia o relatório completo do Observatório do Itaú Cultural aqui.


 

Cedro Rosa Digital cria Plataforma mundial de Música, em 10 idiomas,

para gerir direitos autorais e licenciar músicas, em parceria com grandes players mundiais.

Conheça mais de 3 mil músicas certificadas.


Abra um perfil apenas com nome e e-mail aqui.

 

Música!

Luis Melodia, Leline, Gilberto Gil, Aurea Martins...


Café com Música.



0 comentário

Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page