top of page

DIA DE NATAL



José Luiz Alquéres, historiador

 

 

 

Fim de ano é época de reflexão sobre o ano que passou, esperanças para o ano futuro e preparação de planos para a vida e para a família.

 

Quando falamos de planos, não são apenas para coisas agradáveis, como onde passar as férias ou qual será meu carro novo. A realidade para maioria das famílias é como pagar as dívidas e como melhorar, ainda que discretamente, as condições de vida, enfim, como enfrentar um dia-a-dia que pode parecer cada vez mais difícil.

 

O ano de 2023 trouxe no ambiente internacional razões de grande preocupação. Uma agressão estúpida da Rússia a Ucrânia já soma cerca de 500 mil mortos e tudo parece indicar que essa guerra se estenderá. No Oriente Médio, no mesmo território da Palestina onde há 2 mil anos Jesus pregou e lançou as bases do Cristianismo, a religião do amor, da caridade e do perdão, palestinos e judeus, ou seja, seu povo de origem, se matam ferozmente. Até agora são quase 15 mil mortos, mulheres, crianças, muitos deles com requintes inomináveis de crueldade.

 

Poderíamos nos consolar com o Brasil onde, pelo menos, não existem guerras internacionais, embora números trágicos como 40 mil assassinatos nos mostrem uma realidade sociocultural igualmente dolorosa.

 

Se pensarmos na situação da natureza, uma luz de esperança parece estar se formando, com a sequencia de providências que os países do mundo começam a tomar para limitar os efeitos negativos das emissões de gases nocivos, que acarretam mudanças climáticas, eventos extremos e degradação ambiental. Essas medidas que vêm recebendo um apoio consensual dos principais países do mundo e tem a comprovação da comunidade científica internacional demonstra a convergência de um pensamento coletivo virtuoso, o que na história do mundo é algo inusitado.

 

O mundo já passou por outros natais igualmente difíceis, e mesmo desesperadores, mas as mulheres e os homens de boa vontade sempre conseguiram juntar a sua fé e sua motivação para a vida, o dom maior da existência, para construir um futuro melhor. Nesse ponto, olhar com amor para os filhos que crescem, ter a satisfação de ter uma alimentação e residência decente e uma causa que dê significado à vida produzem milagres.

 

Desde os primórdios da civilização, a espiritualidade de todos os povos foi a grande motivação da sua existência. O próprio exemplo de tenacidade do povo judeu é uma demonstração cabal disso, assim como a força da mensagem de fé, esperança e caridade, virtudes teologais, ancora dois milênios de uma cristandade que ora se renova sob a liderança do Papa Francisco.

 

O Natal tem muito de renascer de esperanças, na celebração da vinda daquele menino pobre, cuja origem e cuja mensagem o fizeram o símbolo maior do amor e da bondade. Que esses atributos estejam presentes em todas as nossas decisões no ano de 2024 e que se manifestem em uma prática dos valores cristãos que constituem nossa civilização.


 

A Confluência Visionária entre Ecologia, Desenvolvimento, Cultura e Economia Criativa: O Impacto Transformador da Cedro Rosa Digital na Música Independente Global




Numa era em que a consciência ambiental converge com a inovação econômica, a  Cedro Rosa Digital  se destaca como uma força impulsionadora na interseção da ecologia, cultura e economia criativa. Certificando e distribuindo obras e gravações musicais, essa plataforma pioneira não só eleva a música independente, mas também catalisa o emprego e a renda.




Ao democratizar o acesso e garantir direitos autorais justos, a Cedro Rosa Digital estimula um ecossistema inclusivo para artistas emergentes. Além disso, suas práticas sustentáveis estabelecem um modelo para a indústria, fundindo crescimento econômico com preservação ambiental.




Este fenômeno não só impulsiona a economia criativa, mas também proporciona uma qualidade de vida aprimorada para músicos e profissionais do setor. Seu impacto global reverbera, oferecendo oportunidades equitativas e trazendo harmonia entre arte, sustentabilidade e prosperidade econômica.




A Cedro Rosa Digital emerge como um farol inspirador na interseção entre arte, desenvolvimento e responsabilidade ambiental, moldando um futuro onde o crescimento econômico se funde harmoniosamente com a preservação do meio ambiente e o avanço cultural.

0 comentário

Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page