top of page

Dia da Mãe Natureza


José Luiz Alquéres

Há 4,5 bilhões de anos formou-se o nosso planeta, sob a forma de uma massa incandescente girando em torno do sol. 500 milhões de anos depois, identifica-se a existência de minúsculos seres, bactérias, que vivem e se reproduzem em um ambiente anaeróbico, ou seja, sem oxigênio. Podemos marcar esta data como a do surgimento da Mãe Natureza, pois todos os seres vivos até hoje identificados descendem daqueles organismos.


Durante bilhões de anos, esses seres viveram no fundo dos mares e foram progressivamente evoluindo. Quando passaram a viver mais próximos à superfície aprenderam a recorrer ao uso do sol como sua fonte de energia e à fotossíntese como maneira de capturar o carbono do ar e expelir o oxigênio.


Com a progressiva oxigenação da atmosfera, essas formas de vida se desenvolveram no mar e, depois, na terra firme, sob a forma de animais e de vegetais. Os animais, em sua maioria, com locomoção própria. As plantas, deitando raízes e se fixando em diferentes tipos de solo.


Por milhões e milhões de anos, a Mãe Natureza diversificou a sua prole. Uma infindável quantidade de espécies foi habitando a Terra e se fixando nos diferentes ecossistemas que iam se formando no planeta. Periodicamente, por efeito de grandes cataclismas, extinções em massa ocorriam. Até que, finalmente, um último período geológico ofereceu uma certa estabilidade climática e propiciou o desenvolvimento das espécies que hoje conhecemos e ainda convivemos.


A espécie humana se configura há aproximadamente 400 mil anos, mas só nos últimos 10 mil anos, período geológico que sucede a última glaciação, e quando o homem se estabelece em pequenas aldeias em vales férteis de grandes rios, podemos dizer que o seu conhecimento e a sua vida social adquirem características mais comuns com as nossas.


Não é de se estranhar que, desde esse momento, a mulher aparece não apenas com uma posição de destaque nas sociedades primitivas, mas, em muitas delas, especialmente as agrárias, a figura feminina é associada a uma deusa da fertilidade, que assegura a sobrevivência de todos os seus filhos. Os gregos consideravam a Terra uma deusa feminina a que denominavam Gaia, reconhecendo o importante papel da mulher na origem e na preservação da vida em nosso planeta. Infelizmente, vemos hoje, 10 mil anos depois, em nome da busca incessante do conforto material, da cura de doenças e prolongamento da vida, e das guerras pelo domínio econômico ou territorial entre nações, os homens levarem a um extremo a destruição dos ambientes naturais.


Um importante alerta em relação a tal deplorável situação foi lançado em maio de 2015 pelo Papa Francisco em sua encíclica Laudato Si, onde cobra dos homens o cuidado com a Terra, a que denomina a Casa Comum de toda a humanidade, um dom que Deus aos homens concedeu. Essa preocupação com a natureza deve passar a presidir a todos os atos humanos que nela devem ver a fonte da sua qualidade de vida e sustento, acessível a todos os seres que a habitam.


O Dia das Mães, que comemoramos no último domingo, pode ser visto também como um dia a reverenciar a Mãe Natureza, que hoje já demonstra na forma de eventos extremos, mudanças climáticas e outras manifestações, um grande desgaste decorrente das condições a que o nosso desenvolvimento a está expondo. É possível, perfeitamente, encontramos formas de crescer de maneira sustentável, reduzindo aceleradamente as desigualdades sociais e preservando, para o benefício das futuras gerações, esse grande patrimônio que Deus nos legou.


 

Música, Arte, Cultura



Música boa melhora as sinapses cerebrais.


A Cedro Rosa Digital expande o mercado de trabalho para músicos, compositores, cantores e produtores e fortalece a indústria musical como um todo.



A Cedro Rosa Digital desempenha um papel fundamental na profissionalização de novos músicos, compositores, cantores e produtores. Através de parcerias estratégicas, a empresa oferece suporte e orientação para os artistas emergentes, ajudando-os a desenvolver suas habilidades, aprimorar suas produções musicais e ampliar suas oportunidades de trabalho.


Música para comecar seu dia, sua tarde, sua noite.


Com o apoio da Cedro Rosa Digital, talentos musicais têm a chance de se profissionalizar e alcançar um público mais amplo, tanto no Brasil quanto no exterior. A plataforma facilita a exposição desses artistas em diversas plataformas de streaming, possibilitando que suas músicas sejam descobertas por um público global. Além disso, a Cedro Rosa Digital oferece ferramentas e recursos para auxiliar na gestão de carreira, como licenciamento de trilhas sonoras para projetos audiovisuais e a venda de downloads, contribuindo para a sustentabilidade financeira dos artistas.


Didu Nogueira, um grande artista brasileiro.


Essa atuação da Cedro Rosa Digital não apenas expande o mercado de trabalho para músicos, compositores, cantores e produtores, mas também fortalece a indústria musical como um todo. Ao investir no desenvolvimento de novos talentos, a empresa contribui para a diversidade e a renovação do cenário musical, promovendo a cultura e impulsionando a economia criativa.




Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page