top of page

Comunicação da PUC-Rio lança graduação em Estudos de Mídia.


Inscrições para vestibular são de 16 de agosto a 19 de setembro



Alinhado às transformações tecnológicas e midiáticas, às novas demandas socioeconômicas e aos padrões internacionais relacionados ao ensino e à prática na área comunicacional, o Departamento de Comunicação inaugura a graduação em Estudos de Mídia. O novo curso incorpora os campos da Publicidade e Propaganda e do Cinema, e integra conhecimentos, reflexões e dinâmicas voltados à formação de profissionais polivalentes, com domínio das múltiplas linguagens e formatos midiáticos, abertos à experimentação inovadora, qualificados para contemplar as mudanças dos modelos de produção e de negócios decorrentes das tecnologias digitais. A graduação em Jornalismo, em processo de renovação, se mantém autônoma, em consonância com a sua tradição e com as diretrizes curriculares.


Em sintonia com a contemporaneidade, as novidades reforçam o compromisso com a vanguarda acadêmica, ressalta a diretora do Departamento, Tatiana Siciliano:

– As mudanças e permanências que marcam contemporaneamente a área da Comunicação estão demonstradas no inovador currículo de Estudos de Mídia e na reformulação da matriz curricular do consagrado curso de Jornalismo. Com essas ousadas propostas curriculares, a PUC-Rio reafirma seu papel de vanguarda acadêmica no país, unindo a capacidade de inovação com a longa tradição de qualidade formativa sempre presente no Departamento de Comunicação.


A formação plural e empreendedora dos Estudos de Mídia impulsiona um vasto repertório de possibilidades de carreira. Envolve desde, por exemplo, produção audiovisual no sistema broadcasting até consultoria em comunicação e marketing para agências e empresas privadas, públicas e do Terceiro Setor. O egresso de Estudos de Mídia também pode atuar, entre diversas opções profissionais, como planner, roteirista, documentarista, produtor, diretor de ficção, crítico, especialista em publicidade audiovisual, analista de mídias sociais etc.


Amo essa playlist de músicas instrumentais brasileiras! Na Spotify!



A trajetória profissional é construída a partir de uma grade curricular maleável, na qual cada aluno monta as disciplinas conforme o percurso projetado. Num processo inovador, expressa na flexibilidade da matriz curricular: cada estudante traça o seu trilho acadêmico/profissional com o suporte de tutorias especializadas e laboratórios voltados ao planejamento de carreira.


– O curso Estudos de Mídia caracteriza-se pela inovação, pela ousadia. Inovação acadêmica, ao propor uma matriz curricular flexível e interdisciplinar, integradora de áreas diversas do conhecimento. Ousadia epistemológica, ao proporcionar uma formação profissional polivalente, capacitação tecnológica transmidiática e competência multifuncional na área da Comunicação – destaca Tatiana.


Concebido para alinhar o ensino da Comunicação às mudanças da sociedade e do mercado, o curso Estudos de Mídia estrutura-se a partir de uma série de diálogos com professores (da área e de outros departamentos), alunos, profissionais de referência e egressos inseridos no mercado. O processo envolveu sucessivos encontros e oficinas ao longo de 2019. As discussões e sugestões convergiram para a modelagem de um curso centrado em inovação, criatividade e gestão. Um curso dedicado a formar um profissional inventivo, aberto à experimentação, qualificado para as demandas e oportunidades derivadas da reconfiguração midiática, e capaz de gerir a carreira de forma autônoma.

Flexibilidade e padrão internacional.


O modelo flexível da graduação em Estudos de Mídia provê a capacitação de profissionais versáteis, permeáveis a outras áreas do conhecimento – como informática, direito, marketing –, com amplo domínio da linguagem narrativa e das ferramentas tecnológicas. Tal prerrogativa se reflete na estrutura híbrida do curso. Ela propicia ao aluno uma flexibilidade na montagem da grade, que se ajusta às trajetórias profissionais traçadas por cada aluno e aos compromissos com a fundamentação teórica e a formação humanística e ética, tradicionais valores da PUC-Rio e do Departamento de Comunicação.


 

A Mídia faz parte da Economia Criativa. Mas o que é Economia Criativa?

Leia o artigo de Maria Paula Carvalho aqui.


 


Condizente aos padrões internacionais da qualificação em Mídia, este modelo curricular é adotado em universidades estrangeiras de primeira linha, como University of California (Berkley), University of Amsterdam, University of Southern California, University of Brighton, City, University of London, entre outras. No Brasil, a Universidade Federal Fluminense (UFF) é pioneira no curso de graduação em Estudos de Mídia.


Esse alinhamento facilita a internacionalização do Departamento e o intercâmbio de estudantes dos nossos cursos, inclusive em relação a projetos de dupla-diplomação. A coordenadora de Estudos de Mídia, Cláudia Pereira, explica a confluência de saberes, experiências profissionais e análises que fundamenta o apuro curricular de um curso que combina a possibilidade de experimentar vocações com a fundamentação teórica e a formação humanística:


– O currículo dos Estudos de Mídia, além de levar em conta pesquisas em grades de cursos de primeira linha no Brasil e no exterior, incorpora as discussões e observações sistematizada em workshops, encontros e conversas com profissionais do mercado de comunicação, ex-estudantes, estudantes e professores da Comunicação e de outros departamentos da PUC-Rio – conta – As conversas também incluíram pesquisadores da área de Comunicação de outras instituições. Após uma massa de informações e observações, chegamos ao desenho de um curso híbrido e flexível, no qual é possível experimentar vocações, sem a perda da fundamentação teórica, da formação humanística e dos valores éticos da PUC-Rio – completa Cláudia.


Formação ampla e tutoriais para trajetórias profissionais.


O novo curso Estudos de Mídia oferece ainda um suporte pioneiro para o planejamento da trajetória profissional e empreendedora. Ao mesmo tempo em que qualifica o aluno para ser autônomo e inovar – ou seja, desenvolver soluções a desafios no campo das mídias –, o curso fornece tutoriais para ajudá-lo a traçar caminhos profissionais a partir de seus projetos pessoais e do diagnóstico das mudanças externas. Permeiam essas práticas uma visão orientada para a construção de um futuro sustentável e coletivo. Cláudia Pereira enfatiza a formação ampla proporcionada pelo do novo curso:


– A proposta é formar, sempre sob a tutoria de professores experientes, não apenas profissionais, mas pessoas capazes de gerir o seu próprio caminho, tanto no mercado como na vida, de forma consciente, ética e comprometida com a sociedade.

Ao encontro da crescente expansão e convergência dos meios – que diluem fronteiras, combinam práticas comunicativas tradicionais e emergentes, aceleram articulações entre formatos narrativos e imagéticos, e reconfiguram modelos de negócios –, a graduação em Estudos de Mídia proporciona uma formação mais ampla, híbrida e integrada, centrada na compreensão da mídia como um ecossistema. O curso capacita o egresso para atuar em um campo mais complexo, com processos de produção, distribuição e consumo remodelados pelas tecnologias digitais. Egressos afinados às transformações no sistema de mídia e no mundo do trabalho.


O novo curso evoca, assim, o conceito Media Studies – consolidado em diversos países como um campo de pesquisa e ensino numa perspectiva interdisciplinar. Um campo cujas dinâmicas e reflexões gravitam em torno dos meios de comunicação.


O modelo curricular de Estudos de Mídia adota, portanto, uma grade mais flexível e permeável a atualizações do contexto comunicacional. Ela engloba a produção de narrativas e imagens em uma pluralidade de meios como cinema, televisão, rádio, mídias sociais, publicidade etc. Volta-se à formação de um profissional com conhecimento plural e integrado no campo da Comunicação, proporcionando o domínio de diferentes mídias – das tradicionais às gestadas pelas novas tecnologias – e de múltiplas linguagens e formatos.


 

A Arte de Receber, podcast Cedro Rosa.

 

De caráter maleável e interdisciplinar, a grade curricular reúne poucas disciplinas obrigatórias e várias optativas, estruturadas ao longo de ciclos. Assim, alunas e alunos podem construir percursos de forma autônoma, mais ajustados aos respectivos planos de vida profissional e à experiência universitária. Em aulas presenciais e on-line, as disciplinas conjugam conhecimentos e práticas da Comunicação com saberes de outras áreas, inclusive fora de Humanidades. Valoriza-se, então, as trocas interdepartamentais dentro da Universidade.



 

O que acontece na internet de interessante?




Trilha sonora em homenagem ao Rio de Janeiro e seus personagens!



Economia Criativa no Rio de Janeiro.


Que projeto! Clube do Samba 4.0

Faça como a Mart'nalia, Diogo Nogueira e grande elenco: participe deste projeto, aqui!




 

Músicos, compositores, bandas, mídia, produtores de cinema, streaming, TV, publicidade e games em um único ambiente digital, para negócios de licenciamento.



Abra um perfil agora


Cedro Rosa cria plataforma digital que permite registro, distribuição e licenciamento de músicas no mundo inteiro. Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.

Tudo online!



A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.



Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page