top of page

CCJF recebe exposição do ministro Sebastião Reis sobre presídios brasileiros e detentas transexuais


crédito: Sebastião Reis Junior

A partir do dia 21 de outubro até dia 7 de janeiro de 2024, o Centro Cultural Justiça Federal abrirá as portas para a exposição fotográfica Imagens de Dentro, de Sebastião Reis Junior, ministro do Superior Tribunal de Justiça. A mostra, gratuita, reúne uma seleção criteriosa de 33 imagens do interior de presídios brasileiros e fotos de presas transexuais do Centro de Detenção Provisória Pinheiros II, em São Paulo. A ideia central do trabalho é fazer alusão a dois tipos de interiores: o âmago de cada pessoa retratada nas fotos e o espaço interno dos estabelecimentos penais do país. Segundo Sebastião Reis, Imagens de Dentro propõe deixar claro que presos são indivíduos como qualquer outro, dotados de sentimentos e que merecem ser tratados com respeito e dignidade. “Ninguém defende a não punição pelos erros cometidos, mas que a punição seja de acordo com os limites legais e proporcionais ao tamanho do erro”, destaca o artista. Além disso, ele lembra que detentos, cedo ou tarde, voltarão ao convívio social. Por isso, para ele, o ideal é que haja condições deles se reintegrarem efetivamente, tendo espaço para trabalho e estudo, sem risco de cometerem novos erros.


 

Escute essa playlist de artistas brasileiros na Cedro Rosa / Spotify.



 

O autor da mostra também levanta a discussão de uma importante questão: a visão, às vezes, equivocada da população sobre como reduzir a criminalidade no país. “O cidadão médio, induzido por informações deturpadas e preconceituosas, acredita que a solução para a redução da criminalidade é a prisão, porém, caso não exista preparo para a reintegração do detento, a única opção para ele será voltar para o crime”, pondera. E completa: “a prisão bruta e indigna como hoje existe empurra o criminoso comum e primário para as organizações criminosas, já que só com o seu apoio terão condições de sobreviver dentro do sistema. Não podemos permitir que isso aconteça”. Quanto à produção e escolha das fotos que irão compor a exposição, o ministro e fotógrafo diz que o processo foi bem difícil. “Foi uma ‘escolha de Sofia’. Precisei de um olhar de fora, no caso, do curador do CCJF, Evandro Sales. A ideia era mostrar o ambiente prisional, mas é claro que esses presídios não refletem a realidade brasileira, em que cerca de 35% das prisões são consideradas péssimas ou ruins, nas quais existem um excedente de cerca de 160 mil presos além do limite de vagas”, ressalta.



 

Alta qualidade musica, artistas Cedro Rosa, no Youtube.



 

SERVIÇO:

Abertura: 21/10, às 15h

Período de visitação: 22/10/2023 a 7/01/2024 Horário: de terça a domingo, das 11h às 19h Classificação indicativa: livre Valor: gratuito Local: Exposição, no Gabinete de Fotografia do CCJF.

Abertura com bate-papo e lançamento de livro: Sala de Sessões e foyer do CCJF.

Centro Cultural Justiça Federal:

Endereço: Avenida Rio Branco 241, Centro - Rio de Janeiro - RJ

Telefone: 55 21 3261-2550

 

"Brasil: O Tríplice Poder da Criatividade, Cultura e Ciência!


A cena da economia criativa é a batida que faz o Brasil vibrar. Da música aos filmes e ao design, o país tem inovado, gerado empregos e crescimento econômico. E a cultura? Ah, nossa riqueza cultural atrai olhares do mundo todo, alimentando o turismo e promovendo uma identidade única.

Mas, não para por aí, meus amigos! A ciência também dá seu show, impulsionando a agricultura, a energia e tantas outras áreas, melhorando nossa qualidade de vida.



E agora, trazendo a revolução musical, a Cedro Rosa Digital! Essa plataforma de vanguarda conecta artistas independentes brasileiros com fãs globais. Com ferramentas incríveis de promoção e distribuição, ela está levando a música independente do Brasil a todos os cantos do mundo, provando que somos uma potência criativa no cenário musical global.


ACedro Rosa Digital é um exemplo brilhante de como criatividade, cultura e ciência se unem para fazer do Brasil uma referência mundial."


Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page