top of page

Carnaval 2021: Bloco do ‘Eu em casa’

Verônica Martins Gomes, para CRIATIVOS!



Verônica Martins Gomes
Verônica Martins Gomes

Diante da declaração do prefeito Eduardo Paes de que não haverá carnaval em Julho de 2021, devido à ausência de condições para imunização total da população, mais de 150 blocos e ligas carnavalescas do RJ lançaram um manifesto intitulado de 'Carnaval 2021 é em casa', reforçando a posição de não desfilar este ano.


Junto com a hashtag #CarnaEmCasa, o movimento tem como principal objetivo a conscientização da população sobre a importância do distanciamento social no feriado que será mantido (de acordo com o prefeito), e reforçar o adiamento dos festejos para o ano de 2022.


 

Playlist - Cantando e Sambando com Distanciamento Social Carnaval 2021 - Spotify

 

Sem sombra de dúvidas não é uma tarefa fácil e nem feliz para todos os blocos participantes a de incentivar a reclusão dos foliões, mas o momento é de preservação: primeiramente da vida e saúde de todos, mas também da própria estrutura do carnaval.

Muito mais do que quatro dias de folia, o Carnaval é uma das maiores manifestações culturais do mundo, e na prática, uma festa linda feita de gente para gente. Só quem está do lado de dentro da corda sabe de quantos "não posso, tenho ensaio" se faz um bloco e que "brincar carnaval" é coisa muito séria!


Seguindo a mesma linha, a empresa Dimona, em parceria com 18 blocos do RJ, lançou a campanha 'Unidos pelo distanciamento', na qual foi criada uma camisa personalizada com elementos de todos os blocos, e com a venda destas camisas, parte do lucro será revertido para os blocos participantes.


 

Playlists

A Roda de Samba das Mulheres / Spotify

Bossa Nova / Spotify

Instrumental Esporte Fino / Youtube

 


Na última terça-feira, dia 26/01, o prefeito Eduardo Paes participou do lançamento dessa campanha e informou que para o próximo mês, um decreto com regras para evitar blocos ilegais e manifestações espontâneas de foliões deve ser publicado, mas deu muita ênfase na importância do senso cooperativo e na consciência coletiva de cada cidadão.


Ainda sobre a venda das camisas, ao comprar o produto, com o custo de $55, a pessoa poderá escolher a qual bloco a quantia será destinada.


Dentre os blocos participantes, está a Balanço Zona Sul, que através do seu projeto solidário Balanço do Bem criou uma campanha interna intitulada 'Roda do Bem', e irá doar parte do valor arrecadado em cada camisa para a AMEBRAS - instituição que apoia e auxilia vários profissionais do Carnaval, que nesse momento também estão sendo afetados pela falta de emprego e oportunidades na área.


Acesse o site camisadimona.com.br para saber mais sobre a venda das camisas e para ajudar essa "Roda do Bem" a continuar girando.



 

Playlist - Pra Cantar e Dançar - Youtube

 

E, parafraseando Chico Buarque:

"Eu tenho tanta alegria, adiada, abafada

Quem dera gritar

Tou me guardando pra quando o carnaval chegar"


Em 2022 ele vai chegar acompanhado de todo o gás e abstinência de um povo que é apaixonado pela folia. Contrariando a música do Los Hermanos; Carnaval não tem fim. Porque só quem ama essa festa sabe que essa fantasia é sim eterna.


Blocos de Rua - Movimento Fique em Casa - Foto: Verônica Martins Gomes

 

Playlists do Youtube e Spotify

Repertório Cedro Rosa, disponivel para gravações e trilhas sonoras.



Playlist - Rio de Janeiro - Músicas em homenagem à cidade - Spotify



Roda de Samba no Bip Bip. CD completo.



Playlist - Os Grandes Mestres do Samba - Spotify



 

A Cedro Rosa, produtora e distribuidora de música e conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo inova com plataforma digital de licenciamento de músicas e streaming de conteúdos para terceiros


A Cedro Rosa criou uma plataforma digital em 10 idiomas que administra direitos musicais de mais de 3000 mil obras e 200 autores. Todos podem se inscrever e ouvir as musicas, sejam compositores, musicos, bandas, jornalistas, professores, usuarios profissionais como Radio, TV, Cinema ou simplesmente amantes da musica: funciona como uma plataforma de midia social, basta apenas nome e e-mail.



"Hoje em dia muita gente se autoproduz, mas as obras musicais e as gravações precisam ter os certificados internacionais, chamados ISWC e ISRC, caso contrário não recebem royalties", afirma Tuninho Galante, acrescentando: e pior, "as produtoras de video, cinema, publicidade e games não licenciam obras sem serem certificados", conclui Galante.



Setores de música e audiovisual geram milhões de empregos e bilhões de dólares no mundo e são segmento estratégico de desenvolvimento


"O setor de conteúdo, é o petróleo da era digital", afirma Tuninho Galante, CEO da Cedro Rosa.


"O que move o conteúdo são a música e o audiovisual. Gigantes que migraram da área de tecnologia para o segmento de conteúdos, como Amazon, Apple e Google estão aí para comprovar", conclui Galante, acrescentando que a Globo acaba de anunciar o investimento de 250 milhões de dólares na GloboPlay.




É muito fácil usar a plataforma. Totalmente gratis, basta apenas e-mail e nome para abrir um perfil. Músicos, cantores, bandas, jornalistas, empresas de midia, produtores de cinema, publicidade, Teatro, TV, etc podem






 

Criativos! é uma revista digital de Arte, Cultura e Economia Criativa e conta com a colaboração de centenas de artistas, criadores, jornalistas e pensadores da realidade brasileira.

Editado pela Cedro Rosa.



Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page