Beth Carvalho em noite memorável. Valeu Mário Big Boy. Valeu Meohas


Lais Amaral Jr.


Outro dia o amigo, Mário Luiz entrou no meu Facebook e eu me lembrei da última vez que vi Beth Carvalho ao vivo. Foi num maravilhoso show no Teatro Rival. Casa lotada. Numa das paredes do palco estavam pregadas as bandeiras do MST, da Mangueira, do Cacique de Ramos, do Botafogo e do PDT (Beth era brizolista). Um showzaço que começava com as imagens de um daqueles célebres festivais, exibidas num telão. Ela cantando ‘Andança’, a bela canção de Edmundo Souto, Danilo Caymmi e Paulinho Tapajós. Emocionante. No meio da música o telão sobe e, surge ela cantando a música ao vivo. Apoteótico. Agradeço ao Mário as cervejas a mais que pude beber para equilibrar tanta emoção naquela noite no teatro. Obrigado também ao Eduardo Meohas.


Há cerca de dois anos estive com Mário Luiz, agora Mário Du Linho. Foi num sábado pela