As Plataformas Digitais de Investimentos Financeiros


Humberto Cárcamo

O mercado brasileiro de investimentos teve uma grande evolução desde 2000. Há 20 anos, apenas os investidores profissionais tinham um atendimento pessoal e diferenciado, com a possibilidade de investir nas mais variadas classes de ativos e atingir a tão sonhada diversificação dos seus investimentos e maximização do retorno. Aos poucos isso foi mudando, graças à tecnologia e às novas plataformas digitais de investimentos.


Até 2010, um investidor médio escolhia o seu banco, muito em função da forma como se sentia bem atendido por seu gerente. Em troca desses agrados, recebia mais atenção, porém os produtos e serviços eram pouco customizados e desenhados apenas para maximizar os lucros dos grandes bancos. A concentração bancária excessiva nessa época fez com que as alternativas se tornassem cada vez mais escassas.