Arte e sustentabilidade: os novos alquimistas.



O Brasil é o único lugar no mundo onde se diz que as coisas estão jóia quando elas estão indo bem e, em que se dá o nome de joinha ao like quando se aprecia algum vídeo no youtube.


Meu nome é Tereza Xavier, sou joalheira, artista carioca que cultua a estética e o belo.


Hoje, com fluidez falo sobre a essência da minha marca homônima que apresentei, com os olhos brilhando, há quase vinte cinco anos. Observo sua essência que veio se manifestando espontaneamente e, que mantém o propósito, o amor e o frescor nos processos criativos, dedicando, compartilhando e convertendo cada inspiração em mais um abraço no planeta.