top of page

AMOR DO PRIMOGÊNITO AO CAÇULA


Luana Oliveira


Era fevereiro de 2007 quando em minha vida foi determinado que eu não viveria mais nenhum dia sem sorrir e mesmo diante de dias difíceis, ou dias nublados, a luz estaria presente em forma de filho.


Era o primogênito dando boas-vindas a este mundo, o nome dele foi escolhido por conta do Panamericano que acontecia naquele ano.

Cauê era o mascote do Pan, raio de sol.


Kauê, meu primogênito.


Conforme o dicionário de nomes próprios


Kauê: Significa "homem bondoso", ou "gavião"


Kauê é um nome indígena brasileiro de origem Tupi-Guarani, que pode ser considerado uma variante do nome, Cauê e Kauã, que significa "gavião". Esse era o nome que os índios tupi davam a todas as aves de rapina da mesma família dos falcões.


Suponho que Kauê ainda nem se deu conta da potência que revela seu nome, mas continuando, a falar sobre o amor. Eu era uma mãe jovem, que não sabia como seria os próximos capítulos da história, às vezes eu conto e as pessoas dizem que não acreditam, mas eu não sonhava em ser mãe, na verdade, eu tinha até pensando em não ter filhos. Mas, quando o carinha nasceu, dediquei a minha vida a vida dele, foram anos pensando no Kauê, é um amor indescritível, jamais conseguiria trazer a plenitude de amar em palavras. O começo é uma loucura, noites e noites em claro, deixamos de dormir, entre tantos outros perrengues. Ele sempre foi um filho muito amável, se preocupa comigo, obediente, dedicado, o menino é demais, sinto tanto orgulho ao falar de Kauê. Quando ele ainda estava no forninho eu apreciava e ainda aprecio é claro. As Quatro Estações de Vivald, era o que me tranquilizava nos momentos de incertezas. O gosto refinado pela música clássica dele hoje me faz querer cada vez mais tentar conhecer o meu eu. Ele tem com certeza memórias afetivas da barriga. Uma inquietação para eu continuar dedicando tempo de estudos à mente humana.


Hora do caçula!

Depois de 8 anos surge em meu ventre a pessoinha Leonardo, me julguem agora... a ideia de ser mãe? Findou-se na existência do tempo percorrido.


Léo é o oposto do Ka, e eu adoro perceber as notórias diferenças destes irmãos que se amam infinitamente.

Dois meses se passaram e Léo já era o protegido, eu descobri muito rápido que iria ser mãe do meu liquidificador sem tampa, fato contrário ao do Ka. É lógico para meu entendimento hoje, que deve (diferir) mesmo, mas quando jovem não compreendemos muito bem este conceito, pois bem!


Leonardo veio com tudo, com significado forte.

Leonardo tem origem no nome germânico Leonhard, formado pelos elementos levon, que quer dizer “leão”, e hardu, que significa “valente, corajoso, ousado”.

Eu ainda posso descrever destemido, astuto, inteligente, feroz e altruísta.

Adora uma dança agarradinha, um “rock”, tem um timbre apaixonante, afinadinho. Canta Bohemia Rhapsody (Freddie Mercury) e ama música gospel.

Ka também percorre essas habilidades, um pouco mais lento, cada um do seu jeitinho que me apaixona a cada novo amanhecer.


Já vivemos momentos intensos, o caçula é mimado sem dúvidas, mas o primogênito foi mais. Dediquei mais tempo a ele, eram outros tempos também.

Percebo ser impossível amar mais um filho que o outro, eu tive a oportunidade de duplicar o amor por aqui. Falamos tanto de tempos líquidos, mas no crescimento contínuo desta família entendemos que o amor não se deixa escorrer, não é e nunca será líquido. Para nós é denso.

E, nessa altura vou compreendendo o significado de amar em sua plenitude. A vida me deu duas oportunidades de aprender a reaprender, de ressignificar todas as condutas impostas ao longo da minha existência nesta sociedade, e o que eu fiz com isso? Aceitei!

Sou grata! Sou aprendiz! Sou mãe de dois grandes futuros nomes da história deste país, sendo eles conceituados ou anônimos, chegaram aqui, por uma razão: A música nos move, a música nos une!


Uma dedicatória de mãe, amor do primogênito ao caçula.


Luana Oliveira, para CRIATIVOS!


 

O que rola na internet?



Bora Dançar?



Hope, com Gerson Santos, by Cedro Rosa.



O Melhor da MPB




Siga a Cedro Rosa no Youtube.


 

Compositores, bandas, artistas do mundo inteiro podem registrar suas obras e distribuir suas gravações.



A Cedro Rosa é uma plataforma musical que une quem faz, produz, escuta e utiliza comercialmente música comercialmente no mundo inteiro.

Abra já um perfil, basta nome e e-mail.







Todo mundo pode escutar músicas e podcasts de graça.

Tudo online!


A Cedro Rosa , produtora e distribuidora de conteúdos, com sedes no Rio de Janeiro, New York e Tokyo criou uma plataforma digital de administração e distribuição de músicas no mundo inteiro.


Para ter acesso, como artista, empresa ou simplesmente amante de música, basta abrir um perfil, apenas com nome e e-mail.


A plataforma digital funciona em 10 idiomas e conta com mais de 3 000 mil certificadas, prontas para serem licenciadas para sincronizações diversas em filmes, novelas, audiovisuais, games e publicidades.


Abra um perfil na Cedro Rosa e acompanhe nossas redes digitais. https://linktr.ee/cedrorosa


Compositores, bandas e artistas podem registrar suas musicas e fazer contratos de distribuição e licenciamento e empresas da midia como TVs, Radios, produtoras de cinema e conteudo em geral podem licenciar essas obras devidamente certificadas diretamente na plataforma.




0 comentário

Comments


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page