A história de Robert Allie Nadoh



Robert chegou ao Brasil na primeira metade da década de 1990, tinha grande obsessão pelas coisas daqui como, por exemplo, a música, falava sempre aos amigos sobre a sonoridade e a beleza das canções brasileiras mesmo sem entender uma única palavra, mas era incapaz de se lembrar dos nomes dos cantores e das bandas que gostava, então deixava pra lá.


Nascido na área metropolitana de Boston ele ficou eufórico quando seu pai, Diretor executivo de uma empresa que estava ampliando seus negócios para a América do Sul anunciou misturando a língua nativa com o conhecido dialeto do leste da Nova Inglaterra, o “sotaque de Boston”, que a família se mudaria para o Brasil.


Bob, como era chamado por todos em casa tinha então 24 anos e teria a experiência de conhecer o lugar das músicas que tanto gostava, mas por outro lado como odiava ser chamado de Bob, em seu subconsciente sem ao menos pensar exatamente o porquê ele preferia o nome utilizado quando foi