A Economia das Experiências



Quanto custa uma boa refeição em um bom restaurante? Você soma o valor dos ingredientes, a margem do aluguel do espaço, garçons, maitre e demais despesas e você chega a um custo. Acrescente sua margem de lucro e você terá a importância a cobrar do cliente.

Pode-se, porém, mudar a pergunta para: quanto vale proporcionar, não a comida, mas a experiência inesquecível? Em uma bela tarde você saborear com calma estes mesmos pratos, com uma linda vista, em companhia agradável e guardando desta refeição uma impressão que dura, às vezes, anos de boas lembranças de momento tão especial? Não tem preço, como se diz.

Por isso, hoje é necessário ter criatividade para gerar experiências valiosas.