top of page

A ADVOCACIA E A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, UM CONSELHO



Vivemos, hodiernamente, em uma perspectiva histórica, uma revolução tecnológica, tal qual e com a mesma magnitude, da revolução agrícola, há mais de 12.000 anos, e a industrial, ocorrida no decorrer do século XIX. Se há diferença, talvez, seja na velocidade em que estão se operando as transformações na sociedade. De um dia para o outro aparecem novidades tecnológicas, aptas a mudar, em um estalar de dedos, nossas vidas.


São inúmeros, incontáveis os exemplos: Windows, Apple, Uber, entre outros, são nomes que remetem a inovações tecnológicas que afetaram, de um modo ou outro, com maior ou menor intensidade, o cotidiano de todos nós, em quase todos os lugares, nos quatro cantos da terra.


Para a maioria das pessoas, como ocorreu nas revoluções anteriores desta proporção, a qualidade de vida melhorou. Para alguns, especialmente aqueles que desempenhavam funções laborais que se tornaram obsoletas, diante da nova realidade, a sorte foi outra. Muitos perderam seu trabalho, que garantia a sua subsistência e de sua família. Esse foi parte do preço a ser pago pelo progresso da humanidade.


O recente anúncio do desenvolvimento de uma tecnologia de inteligência artificial que se aproxima mais daquilo que se vê em humanos – refiro-me ao Chat GPT – pode significar mais uma transformação tecnológica significativa – quiçá uma revolução dentro de outra. Ao que se apresenta até agora, embora com imperfeições, essa inteligência artificial pode representar para máquina, o mesmo salto evolutivo que para o homem foi o aparecimento do homo sapiens em lugar do neandertal.


Nelson Rodrigues já dizia: “Só os profetas enxergam o óbvio”. Não é necessário ser profeta, contudo, para enxergar as consequências que poderão advir, em nossas vidas, a partir do momento em que o potencial transformador desta nova espécie de inteligência artificial vier a ser implementado com plenitude.


A nosso ver, as atividades humanas que demandam menos raciocínio ou conhecimento técnico, especialmente, terão sua existência ameaçada, tal qual ocorreu, em relação aos operários, quando a máquina substituiu o homem, no trabalho mecânico e repetido.


No que interessa ao tema abordado nesta estreita sede, não posso deixar de externar minha preocupação, no âmbito da advocacia, com o futuro profissional de advogados que atuam em áreas que não exijam maior conhecimento jurídico ou tirocínio em uma especialização, em quaisquer ramo do direito.


A advocacia de massa, por exemplo, assim entendida aquela exercida de forma mecânica e repetitiva, baseada em modelos ou matrizes pré-elaboradas por profissionais mais qualificados e experientes. Uma inteligência artificial, com um nível não muito elevado de sofisticação, poderá suprir esta função.


Representando a utilização da inteligência artificial um custo menor para o escritório de advocacia ou para empresa contratante, a atividade do advogado de massa poderá se reduzir ou, até mesmo, se extinguir em médio ou longo prazo. A ameaça é real!


O que fazer, então, para escapar deste tsunami que se avizinha sobre, notadamente, a advocacia de massa? A resposta é, para mim, simples. Pelo menos para adiar esse problema, que em um futuro mais distante, pode atingir a todos: especialize-se. Estude bastante para ter conhecimento mais aprofundado do ramo do direito que gostar. Ainda há tempo.


A especialização pode ser um refúgio, ainda que provisório, por muitos anos ou décadas ou século. Quando maior o conhecimento específico e a complexidade da atividade laboral do advogado, mais difícil será sua substituição por uma máquina. Essa afirmação parece-nos tão tautológica, quando verdadeira.


Há atributos da inteligência humana, como a lógica do raciocínio, podemos inferir sem receio de errar, que serão mais facilmente substituídos pela inteligência artificial. Há outros atributos, de outro lado cuja sub-rogação não se mostra tão previsível. Na atividade humana e na advocacia, em especial, a esperteza, aliada a experiência, podem fazer toda a diferença. Para uma máquina desenvolver este tipo de habilidade, muito provavelmente será necessário muito mais tempo...


Os sentidos humanos, como, por exemplo, o medo, que leva o advogado a ser mais cauteloso; a intuição, que faz com que o causídico tome a decisão estratégica de acordo com sua percepção de uma conversa com o cliente ou com magistrado são, também, diferenciais visíveis da atuação humana em contraposição a de uma máquina. Atividades laborais, que demandem estas habilidades humanas, serão de mais difícil substituição pela máquina.


Não há como frear a evolução tecnológico. O que dá para fazer é se preparar para enfrentar as consequências dela advindas. Um conselho para aqueles que se identificam mais com a formiga do que com a cigarra, daquela fábula de Esopo: estude, especialize-se. Mesmo porque estudar nunca fez mal a ninguém.


José Roberto Sampaio, advogado.


 

Cultura



Como criar playlists e pesquisar músicas certificadas, de qualidade, que garanta

o pagamento dos direitos autorais?


A Cedro Rosa Digital é uma plataforma que oferece ferramentas para pesquisa e uso de músicas especiais, como instrumentais, temas de violao, vibrafone, musicas calmas, reflexivas, em todos os gêneros. Com ela, é possível criar playlists personalizadas de músicas certificadas, garantindo que os compositores estejam sendo pagos pelos seus trabalhos.


Para escutar musica nao tem custo de assinatura, é grátis.




A plataforma atua em toda a cadeia produtiva da música, desde a produção até a distribuição, atendendo aos interesses de produtores de conteúdo, meios de comunicação, ouvintes e artistas. Além disso, a Cedro Rosa Digital oferece opções de streaming, venda direta de download e licenciamento de uso de músicas, proporcionando uma ampla gama de possibilidades para quem precisa de música de qualidade e certificada.


As músicas dos autores da Cedro Rosa estão disponiveis em todas as plataformas de streaming, como Spotify, Apple Music, Youtube, etc, mas com um diferencial: na Cedro Rosa, quem estiver escutando pode comprar diretamente o download, gerando renda para os compositores e bandas, alem de poder licenciar as musicas para trilhas sonoras diversas, desde videos caseiros a videos institucionais, filmes, etc.


Com a Cedro Rosa Digital, quem produz recebe seus direitos autorais, e quem utiliza as músicas tem a garantia de que os autores receberão seus royalties. É uma solução completa e confiável para quem busca música de qualidade e segurança em seus projetos.

Para acessar a Cedro Rosa Digital, basta acessar o endereço: https://cedrorosamusica.online/


 

Escuta!


Commentaires


+ Confira também

destaques

Essa Semana

bottom of page